"ESTÓRIAS” DE UM PRESIDENTE
Este é o título do livro do saudoso e brilhante Coronel HERNANI  D’AGUIAR que abdicou de sua promoção a General para dar assistência permanente ao Presidente COSTA e SILVA, como Chefe de seu Gabinete Pessoal, desde a grave enfermidade até à morte.
O militar tinha sido anteriormente, de 1967 a 1969, o primeiro Assessor Chefe de Relações Públicas da Presidência da República, desfrutando da intimidade do Marechal.
Àquela  época, a lealdade era considerada um apanágio dentre as virtudes castrenses e D’AGUIAR  foi exemplar na sua observância.
Ficou ao lado de seu Chefe e Amigo, inválido em cima de uma cama e alheio a tudo em vida semivegetativa, enquanto grave crise ocorria pela posse do poder.
O autor procura retratar  o lado humano do Presidente apesar de sua aparente sisudez.

O Grande Erro da Ditadura Militar

STEPHEN KANITZ - ARTIGOS E COMENTÁRIOS (http://blog.kanitz.com.br/erro-ditadura-militar/)
 
Uma semana depois de assumirem o governo, os militares patrocinaram uma emenda constitucional número 9, que se tornaria o maior erro deles.
Promoveram a emenda constitucional número 9 de 22 Julho de 1964, e logo aprovada 81 dias depois, que passou a obrigar todo jornalista, escritor e professor deste país a pagar imposto de renda, algo que nenhum destes faziam desde 1934.

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto