Opinião recebida no site.

Discordo.

A AMAN de há muito vem formando oficiais capacitados para atuar com proficiência em ações de GLO. Sugiro ao coronel Marco Antônio dos Santos que visite a AMAN para conferir. A menção ao CARANDIRÚ a ELDORADO DOS CARAJÁS é completamente despropositada, pois se tratou de uma operação policial e não de uma operação de guerra.

A ideia de que as FF AA estão sucateadas não é verdadeira quanto ao Exército, mas é bom que os inimigos (os vermelhos de leste ... ) pensem assim.

Para encerrar, três fatos que contrariam a avaliação pessimista do coronel Marco Antônio, dentre os muitos que foram desconsiderados por ele:

1º. – Nenhuma guerrilha se sustenta sem o apoio da população, ainda mais em um país de dimensões continentais como o Brasil, com mais de 200 milhões de habitantes, em que, recorrentemente, em todas pesquisas de opinião, as FORÇAS ARMADAS são consideradas as instituições mais respeitadas, confiáveis e admiradas pelo povo.

2º. A primeira coisa que acontece em um hipotético conflito na dimensão do que, com muito pessimismo, o coronel Marco Antônio teme, é, por imposição das próprias FF AA, a decretação o Estado de Defesa. Se o governo de plantão (estou me referindo ao desgoverno da época em que foi escrito esse artigo) resistir à decretação, isto acontecerá à sua revelia.

3º. O MST, tal como os demais soit disant movimentos sociais ( CUT, MTST, LCPC, UNE et caterva ) são como vermes saprofíticos, somente subsistem quando enquanto contarem com verbas públicas. O articulista desprezou em sua análise de situação o mais do que evidente fato gerador de futuro: a implantação, pelo novo governo, do lema ORDEM E PROGRESSO.  Um aviso mais do que claro.

Batalha

P S – Meu vaticínio: as manifestações hostis ao governo Temer pelos soit disant movimentos sociais cessarão neste fim de semana. 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar