NÃO PODEMOS E NÃO VAMOS ESQUECER O 31 DE MARÇO DE 1964 (Continuação 22)
Por Aluísio Madruga de Moura e Souza
        E ao longo dos anos seguintes, muitas outras leis de suma importância foram criadas, não podendo ser esquecido o  Decreto Lei  200, que tratou da Reforma Tributária e da unificação da Previdência Social.         Destacadas essas Leis criadas em curto espaço de tempo e de tão grande significado para o País, continuemos, pois, de maneira também superficial, abordando algumas realizações importantes da Contrarrevolução, que reorganizaram a Nação brasileira. Infelizmente, ao longo dos anos tudo foi se deteriorando por incapacidade administrativa e corrupção generalizada de nossos políticos e governantes.

        Com o objetivo de criar uma estrutura governamental  condizente com sua extensão territorial, sua fronteira, seu litoral, sua população, sua floresta, recursos minerais e tudo o que de mais grandioso existe neste País, em busca do desenvolvimento, a Contrarrevolução realizou uma infinidade de ações e, dentre elas, destacamos as seguintes:

 

         - criou o Plano Nacional de Habitação e o Banco Nacional de Habitação, ainda em 1964, que em pequeno espaço de tempo permitiram a construção de mais de 200.000 casas;

-criou o Instituto de Reforma Agrária(IBRA) em 1969,

para promover o desenvolvimento agrário e o assentamento do excedente populacional nas cidades, que foi substituído em 1970, pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária- INCRA;

         -criou o Fundo de Garantia por tempo de serviço- FGTS, em 1965; 

         -criou a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM),  em 1966, para promover o povoamento e a exploração econômica da região amazônica, sendo que posteriormente criou outras Superintendências com o mesmo objetivo como a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste(SUDENE);

         -criou o Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL) em 1967;

        - criou a Fundação Nacional do Índio(FUNAI), em 1967;

         - criou a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos(EBCT) em 1968;

         -criou a Empresa Brasileira de Aeronáutica (EMBRAER),    em 1968.(Continua)

 

 

 

 

 

 

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar