AZAMBUJA7424@TERRA
transcrito de averdadesufocada
24/03/71 – MATEUS LEVINO DOS SANTOS  (Tenente da FAB – Pernambuco), VÍTIMA DE UM ASSALTO, EM RECIFE, REALIZADO POR MILITANTES DO PCBR 
O PCBR necessitava roubar um carro para participar do seqüestro do Cônsul norte-americano, em Recife.
No dia 26/06/70 resolveram roubar um Volks, estacionado em Jaboatão, na Grande Recife, nas proximidades do Hospital da Aeronáutica.
Quatro militantes do PCBR desceram do carro dirigido por Nancy Mangabeira Unger: Carlos Alberto Soares Rodrigues de Sousa, José Gersino Saraiva Maia e Luiz “Jacaré”, (até hoje 

Ao tentarem render o motorista, este ao identificar-se como Tenente da Aeronáutica, foi ferido gravemente por Carlos Alberto, com dois tiros, um na cabeça e outro no pescoço.
O Tenente Mateus Levino dos Santos, após nove meses de impressionante sofrimento, veio a falecer em 24/03/71, deixando viúva e duas filhas menores.
O imprevisto levou o  PCBR a desistir do seqüestro.
Nancy Mangabeira Unger, banida do Brasil em 13/01/71, em troca da vida do embaixador suíço, seqüestrado, era filha de Arthur Unger, de nacionalidade norte-americana, e de Edyla Mangabeira, brasileira, essa, filha de Otávio Mangabeira.
Por ironia, o próprio consulado americano, sem saber do planejamento do seqüestro de seu Cônsul, correu em defesa de Nancy, alegando a dupla nacionalidade dela, brasileira e norte-americana.
Nancy, anistiada, é, atualmente, professora de Filosofia da Universidade Federal da Bahia.

 
 

 
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar