"Não vou permitir que continuem mentindo", diz Lula 
Estado de São Paulo
O ex-presidente reafirmou disposição para disputar eleições presidenciais de 2018
O ex-presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva, participou na noite desta sexta-feira (5) do Congresso Estadual do PT de São Paulo ao lado do ex-presidente urugaio Pepe Mujica. Lula fez forte discurso e reafirmou a disposição de disputar as eleições presidenciais de 2018. s conseguiram aflorar em mim, aos 72 anos, uma coisa que eu pensei que já havia passado. Agora, que resolveram tentar destruir uma biografia, que eu não devo a eles, que só devo ao povo, terão que me enfrentar outra vez nas ruas deste país", disse o ex-presidente. 
Não vou permitir que continuem mentindo. Tudo o que eu desejo na vida é disputar as eleições contra o candidato da Rede Globo de Televisão", acrescentou. 
 
Ao comentar os encontros que teve com a família Marinho, Lula disse que a gigante das telecomunicações brasileira nunca respeitou o PT. Ele prometeu, se eleito, regulamentar a comunicação no país. 
 
"Não foram poucos os almoços e conversas que tive com a família Marinho (dona da Rede Globo). Eles nunca nos respeitaram. Quero que eles tenham um candidato que tenham um plim plim no peito, para nós dizermos com todas as letras: nós vamos regulamentar a comunicação neste país. Não é possível que existam nove famílias que sejam donas de todos os maiores meios de comunicação da nação", frisou."


Obs do site www.averdadesufocada.com :
 Por Joseita Brilhante Ustra
1- De Lula e seus seguidores; interessante que para Lula e seus seguidores, todos os que o acusam estão mentindo, apesar das montanhas de dinheiro - propinas - aparecerem , apesar de vários delatores reconhecerem que participavam da roubalheira; apesar do enriquecimento da grande maioria de funcionários e dos próprios presidentes e diretores das firmas que pagavam as propinas e recebiam as vantagens dos que usufruiam da corrupção afirmarem ser verdadeiras as acusações, as denúncias ainda são questionadas e não se chega a uma conclusão de que fomos e ainda somos governados por quadrilhas nunca vistas neste país.
Um dos próprios diretores, dono de uma das maiores firmas disse - foi ouvido em rede nacional de TV - que nos 30 anos anteriores isto que se passa no Brasil nunca foi possível acontecer.

2-O mais interessante disto tudo, é que no"espetáculo"promovido pela " Comissão da Verdade", onde denúncias com mais de  53 anos são feitas por membros de organizações subversivo-terroristas , mesmo não tendo uma prova, como por exemplo, sequelas de torturas narradas, sejam exigidas e o absurdo que for narrado ,  são acatadas como verdadeiras e a vítima passa a ser , sem julgamento , a não ser por uma comissão que,"praticamente à força, muda laudos, arranja testemunhas", quase sempre das mesmas organizações do denunciante rotula o acusado de torturador.  A palavra deles é lei!

Assim a história vai sendo reescrita baseaados nestas declarações , até os descendentes dos"torturadores" estão  respondendo a processos, que exigem indenizações de parentes dos subversivos..
Evidente que a Comissão, contrariando a lei que a criou, foi nomeada por ex-membros das organizações que participaram das guerrilhas das décadas de 60 e 70 ou na melhor das hióteses foram e são advogados ou parentes dos mesmos e seguem a mesma ideologia e ainda esperam a hora da tomada definitiva do poder.

Comentários  

0 #1 Vaulber B. Pellegrin 06-05-2017 16:38
......eu não devo a eles, que só devo ao povo.... E este ser realmente deve muito ao povo!!!!!

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar