DÍVIDA LÍQUIDA
Aumentar impostos é péssimo remédio. Cortar custo é a solução.
O que se vai arrecadar com aumento da gasolina é o que economizaria acabando a frota de automóveis. É preciso ter coragem 
 Ricardo Bergamini - 26/07/2017
“Quem não usar os olhos para ver, terá que usá-los para chorar!”
(Foerster).
 Prezados Senhores
 Hoje é dia da divulgação da dívida da União base maio de 2017 e, como sempre, a imprensa omite o estoque da dívida em poder do Banco Central no montante de R$ 1.598,1 bilhões (25,20% do PIB), sendo essa a parte mais importante da dívida, visto que nada mais é do que uma “pedalada oficial”
(aumento disfarçado de base monetária, ou emissão de dinheiro falso) que não existiria se o Banco Central fosse independente. Vejam que essa orgia saiu de 17,86% do PIB em 2010 para 25,20% do PIB em maio de 2017.

Crescimento real em relação ao PIB de 41,09%. Uma imoralidade sem precedentes. 
 O estoque correto da dívida líquida da União (interna mais líquida
externa) em maio de 2017 era de R$ 4.851,1 bilhões (76,50% do PIB).
Aleluia, ultrapassamos a dívida líquida do ano de 2002. Avança Brasil (para o abismo!).
 Quem não usar os olhos para ver, terá que usá-los para chorar, quando em algum momento a estupidez coletiva que sempre comandou a economia brasileira criar um novo confisco contra os poupadores e investidores, que no Brasil sempre foram considerados criminosos, traidores e lesas - pátria.
O governo de plantão brasileiro sempre esteve na defesa dos devedores, condição da qual sempre viveu o Brasil.
 
DÍVIDA LÍQUIDA
Total da União (Interna e Externa)
Fonte MF - Base R$ bilhões.
Itens 2002 % PIB 2010 % PIB Maio/17 % PIB
Dívida Interna Em Poder do Mercado 558,9 37,54 1.603,9 41,28 3.130,1 49,36
Dívida Interna Em Poder do Banco
Central 282,1 18,95 694,0 17,86 1.598,1 25,20
Dívida Externa Líquida 262,9 17,66 90,1 2,32 122,9 1,94
Dívida Total Líquida 1.103,9 74,15 2.388,0 61,46 4.851,1 76,50
PIB 2002 – (R$ 1.488,8 bilhões); PIB 2010 – (R$ 3.885,8 bilhões); Previsão PIB 2017 – (R$ 6.340,9 bilhões).
 Arquivos oficiais do governo estão disponíveis aos leitores.
Ricardo Bergamini
(48) 99636-7322 (48) 99976-6974
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.ricardobergamini.com.br

Enviado pelo General Torres de Mello - Grupo Guararapes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar