Os enganos dos institutos de pesquisa no primeiro turno foram tantos que os responsáveis pelas análises das enquetes ainda procuravam uma justificativa para o fato.O americano Clifford Young, responsável pelas pesquisas eleitorais da Ipsios Opinion no Brasil, consumiu a semana passada inteira fazendo ligações para publicitários e cientistas políticos, para tentar esclarecer por que os números das sondagens diferiam dos depositados nas urnas.

Veja- 18/10/2006 – página 34

 


Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar