Moraes relata e trava uma ação sobre ele mesmo no STF, diz jornal
 O Antagonista
Em 2016, quando era secretário da Segurança Pública de São Paulo, no governo de Geraldo Alckmin, o hoje ministro do STF Alexandre de Moraes retirou à força estudantes que ocupavam escolas técnicas, por meio de um ato administrativo, sem recorrer a mandado judicial.
O PSOL entrou com uma ação no STF, questionando a legalidade do ato.



Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar