Villas Bôas fala em "restrições" a general alvo do STF
Assessor especial do GSI disse estar "preocupado" com restrições que o general da reserva Paulo Chagas estaria sofrendo
Daniel Weterman e Marianna Holanda 16 ABR 2019 
O assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) Eduardo Villas Bôas disse estar "preocupado" com restrições que o general da reserva Paulo Chagas estaria sofrendo. Nesta terça-feira, 16, Chagas foi alvo de busca da Polícia Federal e teve redes sociais bloqueadas após decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em ofício a quartéis, Exército mantém comemoração do golpe
Documento afirma que consultorias do Ministério da Defesa e das Forças Armadas irão responder à recomendação contra a comemoração
Tânia Monteiro - 28/03/2019 - conteúdo Estadão
O comando do Exército informou às unidades militares que estão mantidas as comemorações do aniversário do golpe militar de 31 de março de 1964 "previamente agendadas".
Em caráter "urgentíssimo", um ofício aos quartéis preparado pelo gabinete do comandante Edson Pujol, ao qual o Estado teve acesso, pediu que os chefes das organizações militares aguardem o resultado de uma análise feita pelo Ministério da Defesa e pelas consultorias jurídicas das Forças Armadas sobre "inúmeras" recomendações do Ministério Público Federal contra a realização de solenidades relativas à data de deposição do presidente João Goulart.