Jornal da Cidade - 23 AGO 2019 
O presidente Jair Bolsonaro participou, hoje (23), da cerimônia do Dia do Soldado, celebrado em 25 de agosto, no Quartel-General do Exército, em Brasília. Em seu discurso, citou a Amazônia e a "árdua missão" de defendê-la e que há uma guerra de informação em curso. "Meus irmãos militares, população brasileira, vamos marchar para o sucesso. Não nos faltam inimigos, como os de sempre, que temo ganharem a guerra da informação contra a verdade", disse.
Na última semana, Bolsonaro já havia afirmado, em discurso para os cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), que "outros países cada vez mais tentam ganhar a guerra da informação para que nós venhamos a perder a soberania sobre essa área", em referência à divulgação das taxas de desmatamento na Amazônia Legal e das queimadas na região.

Ex-deputada do PCdoB vai ser convidada a explicar envolvimento com hackers
13 AGO 2019
A Comissão de Segurança Pública da Câmara aprovou nesta terça-feira um convite para que a ex-deputada Manuela D'Ávila (PCdoB) - candidata a vice-presidente na chapa derrotada do petista Fernando Haddad ao Palácio do Planalto - esclareça o seu envolvimento com hackers que teriam tido acesso a supostas conversas de aplicativos de mensagens de autoridades dos Três Poderes.
Por se tratar de convite, Manuela não é obrigada a comparecer no colegiado da Câmara.

Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim, aos 77 anos
Ele morreu na madrugada desta quarta-feira, em casa, no Rio de Janeiro
Jornal da Cidade - 10 JUL 2019
O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu de infarto nesta quarta-feira, aos 77 anos, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela RecordTV.

Jair Bolsonaro presta homenagem ao coronel Brilhante Ustra
Montagem publicada por Jair Bolsonaro em sua conta pessoal do Facebook. (Foto: Reprodução)

Jornal O Sul = Colunista Flávio Pereira 9 de agosto de 2019  Colunistas, Flávio PereiraO presidente da República Jair Bolsonaro recebeu, em audiência no Palácio do Planalto, a sra. Maria Joseíta, viúva do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, a quem considera um dos Heróis da Pátria.

Descrita como “brutal”, milícia de Itaboraí removia coração e cabeça de vítimas
Crédito: Reprodução/PCE
IISTO -_É Da Redação RJ  -05/07/2019A operação da polícia para combater milicianos em Itaboraí (RJ) seguiu na quinta-feira (4). A força-tarefa que levou à Operação Salvator descreveu a quadrilha como “brutal”. De acordo com o G1, há relatos de expulsões, mutilações e sumiços, que eles chamavam de “discos voadores”
“Um chegou a tirar o coração de uma vítima, a cabeça”, afirmou Gabriel Poiava, delegado responsável pelo caso, ao G1.