“ A velhice é uma sentença perpétua e o tempo um algoz severo”

Por Carlos Augusto Fernandes dos Santos                            

Nesta última semana, os  jornais do país mostraram na primeira página de suas edições, uma fotografia  do ditador cubano, FIDEL CASTRO,  com uma longa barba encanecida , apoiado em uma bengala, participando de uma atividade cultural em HAVANA, capital da ilha caribenha. Impossível não associar-se sua decadência física à do regime que implantou.

Embora a foto mostrasse um FIDEL  envelhecido e alquebrado, não faltaram os costumeiros e generosos elogios ao ícone da resistência anticapitalista das Américas , no relato de inúmeros jornalistas simpatizantes que , hoje, preenchem os escaninhos de todas as redações dos principais  matutinos  brasileiros. Como sói acontecer, as matérias publicadas  o mostravam com o mesmo charme dos tempos da juventude revolucionária: “ o intimorato David, que ousou enfrentar o gigante Golias “. 

No longo périplo de mais de meio século , o  comandante guerrilheiro de Sierra Maestra fez, como na foto,  ( e ainda faz )  uso de inúmeras “bengalas” que o auxiliaram a manter , com mão de ferro,  o controle político e  autoritário da pequena ilha. Senão vejamos:

 - a primeira delas, pouco conhecida e divulgada: o velado apoio recebido do governo americano, traído logo a seguir, que via com simpatia a saída do corrupto Fulgêncio Batista, do comando da pequena nação do Caribe;
- a segunda, com ideologia marxista explícita, lhe serviu de apoio durante o longo período da Guerra Fria até o esfacelamento do império soviético, proporcionando-lhe as condições políticas e financeiras para suportar o longo embargo econômico ,  até hoje mantido pelos Estados Unidos da América (EUA);
- a mais recente e duradoura, fornecida pelo discípulo bolivariano, recentemente falecido, que lhe dava o apoio imprescindível ,em substituição à bengala russa.

Assustado e surpreendido com a queda do muro de Berlim , a perda do apoio soviético e a implosão, quase ao mesmo tempo, de todo o mundo comunista, FIDEL tratou de fortalecer os laços ideológicos com a esquerda mundial  em particular a  latino-americana. Com o apoio de LULA, realizou em 1990  na cidade de SÃO PAULO, um  FORO que prometia conquistar na América Latina o que as esquerdas haviam perdido no Leste Europeu.

O  badalado encontro , conhecido como FORO DE SÃO PAULO, traçou as estratégias comuns com o objetivo de tomar o poder em todo o continente e criar uma frente de governos socialistas em oposição aos  EUA. Quase vinte e quatro anos depois, são dezesseis , hoje,  os países nos quais se aplicam a mesma agenda de aparelhamento do Estado.

No ano passado, os líderes do movimento socialista-marxista estiveram reunidos com a presença de LULA no 19° Encontro, novamente realizado em SÃO PAULO, onde foram confirmados e reforçados os pactos estratégicos e os compromissos estabelecidos há vinte e três anos.

Não surpreende , portanto, as frequentes viagens de governantes brasileiros a CUBA. No ano passado, o governador do Rio Grande do Sul, TARSO GENRO, esteve “em férias na ilha da fantasia”  e, segundo consta, voltará a visitá-la agora, em companhia da Presidente da República, provavelmente  para reforçar os laços ideológicos, receber instruções e cotejar os resultados obtidos com  os compromissos assumidos por LULA no último encontro.

Afinal , é ano de eleições no Brasil  e FIDEL tem a receita certa ( produzir inúmeras bolsas e facilidades) para manutenção do   poder.

É possível, também, que a visita enseje mais uma  oportunidade de fornecer ao alquebrado líder, mais uma BENGALA ( quem sabe um  programa semelhante ao mais médicos), pois o governo brasileiro vem financiando, há longo tempo, com nosso surrado dinheirinho, uma outra,   a modernização de um dos principais portos  da nação caribenha. Como sabemos, o BNDES tem dinheiro sobrando para bancar  essas loucuras governamentais.

Nossa sorte, porém,  é que ninguém consegue suportar o peso e a tirania  do tempo............ nem mesmo usando tantas  bengalas.

Noiva do Mar, RS, 18 de janeiro de 2014

Carlos Augusto Fernandes dos Santos  
General Reformado

 

Comments powered by CComment