Gen Bda Paulo Chagas
Caros amigos
O Comandante do Exército, Gen Eduardo Villas Bôas, há 15 dias, no velório do sempre admirado Gen Leônidas Pires Gonsalves, antigo Ministro do Exército, dirigindo-se ao velado declarou:

"Gen Leônidas, os soldados do seu Exército não consentirão que a retidão do seu caráter e a transcendência de sua alma sejam maculadas por versões históricas capciosas e tentativas de impor verdades de ocasião".

No momento em que a insustentabilidade das circunstâncias tira a máscara dos falsários, expõe suas mazelas e mentiras, o Comandante do Exército torna pública a sua intenção e deixa claro que para (re)contar a história é preciso, antes de mais nada, ter estatura moral e retidão de caráter acima da transcendência da alma de um Soldado como Leônidas Pires Gonsalves.

É a atitude esperada e a postura coerente do General que, ocupando o cargo do homenageado, reafirma os valores patrióticos e os compromissos morais do Exército de Caxias, o Exército de Sempre!

Já disse e não canso de repetir!

Como instituições e como segmento da sociedade, as Forças Armadas têm direito à opinião, o dever democrático de manifestá-la e, com ela, contribuir para a segurança do Estado e para a construção da opinião pública, base de sustentação da democracia.

São equívocos aceitar, sem contestação, mentiras sobre um passado que até ontem era motivo de comemoração, não defender e propalar a verdade histórica - como se dela não se houvesse tirado ensinamentos – e permitir que a Nação imagine suas Forças Armadas divididas pelo tempo, separadas pela própria história e desinteressadas pela garantia da liberdade democrática.

A indiferença diante da ofensa contratada e do desrespeito à imagem das Forças Armadas e às biografias dos homens de bem que protagonizaram sua história é, portanto, equívoco que o Comandante do Exército, oportunamente, passa a corrigir!

= Nenhuma ditadura serve para o Brasil =

 

Comentários  
#4 Of SIP Refo 25-06-2015 22:07
O luto continua - pois, o Brasil ainda não foi passado a limpo! O grande general é saudado pelo atual! Excelente "frase em negrito" - que, deve ser aplicada a todos que são "soldados de CAXIAS" - Enaltecemos também, "os soldados do Brig. EDUARDO GOMES e do Alm."TAMANDARÉ" - que, sempre estiveram conosco - na PAZ OU NA GUERRA! Quem sabe algum dia, os MARECHAIS coroarão novamente o ápice do generalato de nossa Nação, com "SOLDOS" condizentes e sem tantos IMPOSTOS DE RENDA - qual renda??? Por que os nossos vencimentos não se iniciam do teto máximo, como nos três poderes e alguns até extrapolam com outros "ganhos"? Será que nós somos os únicos do P. EXECUTIVO que não têm família: filhos, netos e bisnetos - algo está muito errado!! Os noticiários publicaram: QUE O "sapo" de M..M.. PT/PC COLIGADOS, acabaria com as FORÇAS ARMADAS, por que??? SERÁ QUE EM CONTINUIDADE VÃO NOS MATAR DE FOME E NOS DESCARTAR?? CUIDADO, CUIDADO, TUDO TEM LIMITES??? IMPEACHMENT OU CASSAÇÃO JÁ?
#3 Valdeke Silva 24-06-2015 21:51
Paz á alma do gen. Pires Gonçalves.
#2 Homero Scheidt 24-06-2015 12:38
Palavras, palavras, nada mais do que palavras.
Mas o Brasil precisa é de ação !
#1 RAIMUNDO BARRETO 24-06-2015 11:16
DIZ O JORNAL DIÁRIO DO PODER: O QUE ESTÁ OCORRENDO?: PROCURADORIA DA REPÚBLICA: AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA CONTRA COMANDO DO EXERCITO - SOBRE MEDALHAS CONCEDIDAS A MENSALEIROS CONDENADOS PELO STF
PROCURADORIA DA REPÚBLICA: AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA CONTRA COMANDO DO EXERCITO
MEDALHAS: EXÉRCITO IGNORA LEI E A PGR, DE NOVO
O Comando do Exército ignorou, novamente, a solicitação formal da Procuradoria-Ge ral da República (PGR) de explicações pela decisão de não cassar condecorações de condenados por corrupção em sentença transitada em julgado, como manda a legislação. Estão enquadrados nesse caso mensaleiros como os petistas José Genoino e João Paulo Cunha, Valdemar Costa Neto (PR) e Roberto Jefferson (PTB).( FONTE DIÁRIO DO PODER)
Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar