MST quer bloquear estradas em todo País no domingo

Terra - 11/04/16 - O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) planeja bloquear rodovias federais e estaduais em todas as regiões do Brasil no domingo (17), para protestar contra a impunidade em casos de assassinato de camponeses e lembrar os 20 anos do massacre de Eldorado dos Carajás (PA). Na data, é comemorado o Dia Internacional de Luta Camponesa.
Na semana passada, dois integrantes do MST foram mortos em confronto com a Polícia Militar do Paraná. Eles faziam parte de um acampamento que fica em uma propriedade da empresa de celulose Araupel, no município de Quedas do Iguaçu. As circunstâncias das mortes ainda não foram esclarecidas e a Polícia Federal investiga o caso.

Brasília - Antônio Pereira, coordenador nacional do MST, disse que no domingo, Dia Internacional de Luta Camponesa, o movimento planeja bloquear rodovias em todo país, em protesto contra a impunidade no campo

Antônio Pereira, coordenador nacional do MST que encontra-se em Brasília para a mobilização contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, afirmou que o movimento planeja bloquear o maior número possível de rodovias, em protesto contra a impunidade no campo. “É para lembrar os 19 mortos [em Eldorado dos Carajás] e clamar também por justiça. Essa é uma dívida que o Brasil tem com os camponeses.”

Em 17 de abril de 1996, 19 trabalhadores sem terra que participavam do bloqueio de uma estrada próxima ao município de Eldorado dos Carajás foram mortos a tiros em uma operação da Polícia Militar do Pará.

Comentários  

#4 Fernando Fernandes 14-04-2016 15:22
Este MST bloqueia estradas de papo.
Caso isto ocorra, o que não acredito, importará em um atentado a segurança nacional e, o direito de ir e vir das pessoas que utilizam as rodovias brasileiras.
Portanto, é questão de ordem federal.
Os componentes deste Movimento antipático, deverão ser enquadrados, na ocorrência deste bloqueio, nas Leis.
#3 Dalton Catunda Rocha 13-04-2016 14:09
Nos últimos 31 anos, o país que gastou mais no mundo, com reforma agrária, foi o Brasil. De 1985 até hoje Sarney, FHC, Lula e Dilma deram, muitas centenas de bilhões de reais ao MST. O combate ao MST deve começar por Sarney, FHC, Lula e Dilma, não por José Rainha e João Pedro Stédile, que são meros atores secundários. Paus mandados, que cumprem ordens de Lula e de Dilma.
#2 Nadha Atemer 12-04-2016 17:58
Ora bolas, já que a presidANTA sancionou a lei que multa caminhoneiros que bloqueiam as estradas, eles que joguem seus veículos sobre os bandidos que se atreverem a fechar seus caminhos. E que depois sigam em paz até seu destino para entregar as suas cargas.
Simples assim.
#1 Vaulber B. Pellegrin 12-04-2016 17:27
Caminhoneiro quando faz isso é multado agora o grupo terrorista MST pode??? Dois pesos e duas medidas!!!

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar