Por Joseita Brilhante Ustra - 17/09/2016
Os esquerdistas radicais que participavam de organizações subversivo-terroristas, para derrubar o governo eleito pelo povo - e que já se preparavam, para implantar uma ditadura comunista - Ligas Camponesas , Grupo dos Onze de Brizola, Partido Comunistae outros - , derrotados pelas Forças armadas, não se conformam até os dias de hoje.

Obs do site www.averdadesufocada.com : Cel Ustra agradece homenagem no Salão Nobre do Clube Militar ( lotado de autoridades civis e militares)  - Rio de Janeiro  - Sede da Cinelândia

Ao chegarem ao poder tentaram e tentam até os dias de hoje, desmoralizar os combatentes que defendiam o Regime Militar , que em 1964, para evitar o golpe que estava preparado pelos comunistas , se anteciparam e assumiram o governo , com o apoio de civis e do próprio Congresso, destituindo João Goulart, vice-presidente que assumira o governo no lugar de Jãnio Quadros, que renunciara.

 

O sonho deles era ver, preso um dos "troféus" prediletos, o coronel Ustra. Não conseguiram .

Em nenhum dos processos em que tentaram condená-lo,conseguiram sucesso. Os poucos em que chegou a ser julgado não transitaram em julgado. Portanto não chegou a ser preso, e nem condenado .
Com a morte do "TROFÈU ", mais almejado, agora, a sede de vingança é tanta que voltaram -se para os herdeiros do Cel Ustra - sua viúva, e duas filhas-, uma tinha na época da luta armada dois anos e a outra, nem era nascida.
Agora, a viúva e as duas filhas respondem, a processos de pedidos de indenizações.
Cuidem-se outros combatentes - os que lutaram nas décadas de 60 a 85 -  eles continuam cada vez mais revanchistas!

.

 


Comments powered by CComment