PROFUNDA MÁGOA
GEN TORRES DE MELO – Coordenador do Grupo Guararapes – 03/09/2017               

O GRUPO GUARARAPES encontra-se com profunda mágoa, com uma dor imensa ao ver o País sendo destruído pelos próprios brasileiros.

Estamos vivendo uma época onde os valores éticos e morais são pisados por falsos brasileiros que pensam que a felicidade deles será encontrada na posse do dinheiro corrompido e até roubado.

Temos, conforme indicação do (Conselho Nacional de Justiça), 711.463 presos, dos quais 147937 estão em prisão domiciliar. Dos presos quase 50% aguardam julgamento. Pergunto:

1. Por que há presos em casa que roubaram milhões e outros nas cadeias infectas sem julgamento?

2. Por que há Ministro que defende ladrão grande?

3. Por que não se cumpre o artigo 5º da CF que diz: “ Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”. È falta de Justiça ou de homens justos?

4.Chamaram o Presidente  de ladrão. Pode uma coisa dessa?

5. Por que estamos vivendo num País onde o pensamento de Simone de Beauvoir não é entendido?: “O HOMEM É LIVRE; MAS ELE ENCONTRA A LEI NA SUA PRÓPRIA LIBERDADE”.

É A JUSTIÇA QUE GARANTE A LIBERDADE.

O GRUPO GUARARAPES DIZ: Nossa salvação encontra-se quando entendermos que a liberdade é o cumprimento da lei. Sem lei não há liberdade.

Sem GRANDEZA não haverá solução.  Vejam o que escreveu MAQUIAVEL NO PRINCIPE CAP:VI “..não há nada mais difícil de realizar, mais perigoso de concluir ou êxito mais incerto do tomar a iniciativa da introdução de uma nova ordem de coisas.. Porque o inovador tem como inimigo todos os que estavam bem nas condições antigas, e defensores poucos dispostos naqueles que talvez venham a ficar bem nas novas”.

Sem ética não dá. Falta grandeza.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar