720.RECADO Verde Oliva
 Adriano Pires Ribas - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  - 20/09/2017
Alguém poderia me esclarecer sobre o que o general Villas Bôas quis dizer com este twitter:
“Na questão da segurança pública, o país estaria preparado para os efeitos colaterais advindos do enfrentamento efetivo ao Crime Organizado? ”
O que significa “efeitos colaterais”?
 
Péricles
O que o General quis dizer?
Com certeza nosso Comandante se preocupa, em face da legislação atual, com as consequências do envolvimento de nossos Soldados com bandidos armados e sem escrúpulos, por isso são bandidos, que virão com tudo.

- Se o Soldado revidando em defesa própria, mata um deles, instantaneamente o tipo vira ‘filhinho da mamãe’, com a vizinhança garantindo que era ‘bom rapaz’, ‘cumpridor de seus de veres’, ou ‘pai de família’, é, nesse momento até passa a ter famí lia, e sim, vira  ‘arrimo de família’, etc, etc... todo mundo chorando a morte do ‘coitadinho’.

E o nosso Soldado, se já não sair dali preso, volta para casa com um processo nas costas, sem que o General seu Comandante possa fazer nada em seu favor.

- E se nosso Soldado morrer. Perfeitamente possível, se não provável, com que ânimo o Comandante vai devolver a mãe do jovem um cadáver, e não o garoto saudável que ela emprestou ao nosso Exército?

Para quem não sabe, isso o General Comandante quis dizer!...  ficou alguma dúvida?

 Comentario do Gen Leite

Para os políticos, o Exército tornou-se um coringa para ser empregado. É a solução mais barata e melhor, não importando os dispositivos constitucionais e desde que deixe o crime e a corrupção à disposição dos parlamentares quando lhes for conveniente. Se os responsáveis pela segurança pública , conforme manda a lei, se mostram incapazes, não há preocupação com a adequação do efetivo e dos meios, pois tornou-se mais  fácil falar em GLO.

 

 

Livre de vírus. www.avast.com.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar