LASTIMÁVEL CEGUEIRA
Carlos Augusto Fernandes dos Santos- Militar reformado- Porto Alegre-RS- 09/03/2016
Não bastaram a queda do Muro de Berlim ( 1989), o esfacelamento da URSS ( final da década de 1980) e o insucesso de inúmeros países comunistas que, como um castelo de cartas, ruíram em cadeia, sem grandes combates ou lutas cruentas; exemplos semelhantes assistimos em Cuba e , aqui ao lado , na pobre Venezuela, submetida ,há anos, a um regime violento, autoritário, ineficiente e indigno.



Entre nós, entretanto, inúmeros políticos de esquerda , sindicalistas engajados , todos simpatizantes do programa do Partido do Trabalhadores ou dos Socialistas Fabianos ,liderados por FHC, insistem em reeditar teorias e práticas anacrônicas, que resultaram em fracasso absoluto onde foram aplicadas.
Através de advogados bem remunerados e mobilizando contingente expressivo de correligionários , massa de manobra sustentada com dinheiro de origem desconhecida ou suspeita, procrastinam decisões através de recursos e insistem em apresentar a candidatura de LULA. Fingem desconhecer que depois que esse INDIVÍDUO assumiu as rédeas do pais, a corrupção que era grande, tornou-se gigantesca e sistêmica. Não há um só dia em que falcatruas escabrosas não sejam denunciadas envolvendo a figura do ex-presidente e de seus “amigos preferidos e de ocasião ”, todos descartáveis.

Como entender que um partido onde militam milhões de correligionários, não possua uma liderança ou um prócer decente de reputação ilibada em condições de representar os anseios e propostas dessa grei política. Pior ; suas poucas e discutíveis lideranças, continuam vendendo a ideia e defendendo com unhas e dentes, a “pretérita conduta do seu guru”, ignorando evidências e sustentando que não existem provas para incriminá-lo. Só imbecis ou fanáticos acreditam nessa narrativa.
Agora, encurralados pelas sucessivas decisões judiciais nas instâncias que o julgaram, onde amealharam derrotas acachapantes, esperam ser contemplados pela decisão salvadora do STF, liberando LULA da prisão para disputar a derradeira eleição.

Só falta ,nesse caso, ocorrer semelhante e lastimável epílogo como o do julgamento do inusitado IMPEACHEMENT de DILMA ROUSSEF. Naquela ocasião, os julgadores foram acometidos por uma “bactéria contagiosa”, um TRACOMA POLÍTICO , que lhes provocou cegueira momentânea injustificável, levando-os a decidir na contramão do previsto no Artigo 52 da Constituição Federal.

Esperam ,agora , os brasileiros que os senhores Ministros do STF não sejam acometidos de idêntica enfermidade que poderia levá-los à CEGUEIRA TOTAL, contrariando, com certeza, as aspirações e interesses da maioria da nação brasileira.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar