"Quando as últimas organizações terroristas foram derrotadas, a esquerda revanchista passou a escrever e a mostrar, da forma que lhe convinha, a luta armada no Brasil.
E o fez de maneira capciosa, invertendo, criando e deturpando fatos, enaltecendo terroristas, falseando a história, achincalhando as Forças Armadas e expondo à execração pública aqueles que, cumprindo com o dever, lutaram contra a subversão e o terrorismo em defesa da Nação e do Estado.

Nesse incansável e inteligente trabalho, porém desonesto e antiético, os revanchistas acusavam os civis e militares que os enfrentaram e derrotaram, de atuarem por conta própria como paramilitares desvinculados de suas organizações, em estruturas paralelas.
Predominava no País a versão dos derrotados que agiam livremente, sem qualquer contestação. As Forças Armadas, disciplinadas, se mantinham caladas.
Aos poucos, a farsa dos revanchistas começou a ser aceita como “verdade” pelos que não viveram à época da luta armada e do terrorismo e que passaram a acreditar na versão que lhes era imposta pelos meios de comunicação social."...

Do livro A verdade Sufocada - Carlos Alberto Brilhante Ustra
Parte do texto " Homenagem aos companheiros do Projeto Orvil". Pag, 11

Os patriotas que lutaram contra as organizações subversivo-terroristas "ganharam as batalhas das guerrilhas rural e urbana,de1960 a 1975, mas perderam a guerra ", pois os terroristas largaram as armas , mas com a doutrinação continuaram e continuam tentando até hoje tomar defintivamente o poder e implantar no Brasil uma ditadura comunista.

PENSE MUITO ANTES DE VOTAR para evitar que eles assumam o poder , como fizeram nos últimos trinta anos

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar