Carlos Vereza detona “O Globo” e a evidente proteção ao criminoso
Jornal da Cidade - 09/09/2018O ator Carlos Vereza  é verdadeiramente uma estrela que brilha solitária no meio podre que se tornou a classe artística brasileira.
Um amontoado de gente sem talento fissurada pelas benesses da Lei Rouanet.
Vereza, que nunca recebeu tais vantagens, justamente porque nunca se submeteu aos caprichos da turma que sob o comando do presidiário destruiu o país, tem credibilidade para apontar o dedo.
E mais uma vez ele foi cirúrgico, decifrando a possível ligação entre o incêndio do museu e o atentado contra o candidato.
Eis o posicionamento do ator:

“O atentado ao candidato Bolsonaro não foi o ato de um lunático como a mídia tenta enfiar goela abaixo da opinião pública!
Foi planejado e farto de álibis, como Iluminati, Maçonaria, etc, para descaracterizar a tentativa de homicídio com conotação política.
Atrevo-me a dizer que faz parte do combo dos incêndios simultâneos, a partir da tragédia do Museu Nacional.
Quem conhece o modus operandi da esquerda sabe que, ao constatarem o crescimento irreversível de Bolsonaro rumo à presidência, passaram da etapa das calúnias e tentativa de desconstrução do candidato, à eliminação física, da ameaça aos projetos de poder esquerdizante!”


Advogados de Adelio pertencem a uma das maiores e mais luxuosas bancas de MG
DIREITO E JUSTIÇA
Quebra do sigilo telefônico e bancário deve demonstrar quem bancava Adelio
O “poderoso” que contratou banca de defesa de Adelio exigiu SIGILO ABSOLUTO, revela advogado.
A equipe jurídica de Adelio e o revelador termo de audiência de custódia
Corajoso! Ator global aponta ligação entre o incêndio do museu e o atentado contra Bolsonaro


Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar