Olha o Estadão acordando!

Editorial - 29/09/2018
O PT quer" tomar o poder"

Ao afirmar que é apenas " questão de tempo" para que o PT  efetivamente tome o poder , José Dirceu , réu triplamente condenado, dá a entender que esse processo já está em curso . Um regime autoritário pode se instalar da maneira clássica , por meio de um golpe, ou como resultado de um paulatino processo de captura do poder por um determinado grupo político , que assegura sua hegemonia a partir do aparelhamento de todo Estado. De um modo  modo ou de outro, o resultado é sempre o mesmo : a submissão do Estado- e da Nação - aos interesses de quem o controla, o exato oposto de democracia.  É precisamente isso o que o PT tentará fazer se esse partido conseguir vencer a eleição.presidencial.

Para os que ainda concedem o benefício da dúvida,enxergando naquele partido credenciais democráticas que a sigla há muito perdeu - se é que um dia teve- recomenda-se a leitura de uma entrevista que o "companheiro" José Dirceu deu ao jornal " El Pais" .

Na entrevista , o jornal pergunta ao ex-ministro , deputado cassado e e réu triplamente condenado se ele acredita na possibilidade de que o PT seja impedido de assumir a Presidência caso vença a eleição ou seja , se pode haver um golpe.

José Dirceu considera essa hipótese "improvável ", pois significaria colocar o Brasil na rota do "desastre  total",uma vez que na " comunidade internacional isso não vai ser aceito"
Mas então Dirceu , condenado a mais de 33 anos de prisão por corrupção no âmbito da Lava Jato , deixa claro que, para o PT, as eleições , afinal , são apenas uma etapa na tomada do poder ." Dentro do Pais é uma questão de tempo para agente tomar o poder . Aí nós vamos tomar o poder que é diferente de ganhar uma eleição "

explicou o ministro.Não é preciso grande esforço para perceber o projeto antidemocrático petista nessas poucas palavras. Quando diz que "tomar o poder é diferente de "ganhar uma eleição" significa que o poder pode ser conquistado e consolidado à ou mesmo a despeito do natural processo democrático - que, justamente , tem um de seus fundamentos alternância de governantes , para evitar a cristalização de um determinado grupo político-partidário na máquina estatal.

Ao afirmar que é apenas uma'"para que o PT efetivamente tome o poder , Dirceu dá a  entender que esse processo já está em curso. Pode-se dizer que os esquemas arquitetados pelo PT e seus associados para corromper o Congresso eram parte da estratégia, e só não foram mais longe porque houve um acidente de percurso - a operação Lava_Jato.


Leia mais no Estadão de 28/09/2018

https://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/editorial-do-estadao-o-pt-quer-tomar-o-poder/

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar