Um desses deputados recebeu a visita de Adélio
jornal da cidade online - 10/09/2018 
O homem que tentou assassinar o deputado Jair Bolsonaro, era filiado ao PSOL, partido a que pertenceu até o ano de 2014.
Em 2013, ele fez uma visita à Câmara dos Deputados, certamente para visitar um dos parlamentares de seu partido.
 Observação do site www.averdadesufocada.com  : quem teria tentado forjar o álibi de Adélio, registrando a visita em 06/09/2018?

Na época, o PSOL tinha em sua bancada apenas três deputados: Jean Wyllys, Chico Alencar e Ivan Valente.

Não vai ser difícil descobrir quem recepcionou Adélio Bispo de Oliveira. A Câmara já está diligenciando nesse sentido.

Um fato a princípio insignificante, mas que na realidade pode ser importante nas investigações, pois pode ajudar a identificar as ligações políticas do criminoso. O crime foi político.

Numa foto colhida após a visita, Adélio aparece ao lado de alguns amigos, na frente do Congresso Nacional.

Ele tinha a pretensão de ser candidato a deputado federal.

Sem legenda, deixou o PSOL e aproximou-se do PT, onde foi ativo participante do movimento Lula Livre.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar