Direto da PF, a primeira manifestação em favor da vítima do ministro
05/12/2018 às 08:19 - Jornal da CidadeONlinebr
Para quem ainda não compreende o que é verdadeiramente o propalado “Abuso de Autoridade”, o caso ocorrido nesta segunda-feira (4), num voo da Companhia Aérea Gol, é um típico exemplo.


O ministro Ricardo Lewandowski usou e abusou, da sua condição de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) para prender uma pessoa que disse algo que não gostou.
Um absurdo inaceitável.
Uma violação aos direitos e garantias de um cidadão.
De dentro da Polícia Federal, para onde a vítima foi encaminhada, um dos advogados que irá assumir a sua defesa deu as primeiras declarações.
#TenhoVergonhaDoSTF

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar