Segundo comandante do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, presidente disse que disponibilizará aparelhos com tecnologia capaz de localizar pessoas que estejam enterradas
Marcelo Faria - 26/01/2019
Após sobrevoar a área da tragédia em Brumadinho, o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o governador Romeu Zema, o presidente da Vale Fabio Schvartsman, a procuradora-geral da República Raquel Dodge, ministros e representantes do governo de Minas Gerais no Aeroporto de Confins e colocou à disposição do Estado recursos do governo federal, como reforços nas equipes de buscas e equipamentos.✔
@jairbolsonaro
Por telefone o 1° ministro de Israel, @netanyahu nos ofereceu ajuda para a busca de desaparecidos no desastre de Brumadinho/MG. Aceitamos e agradecemos mais essa tecnologia israelense a serviço da humanidade.

Segundo Zema e o coronel Estevo, comandante do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Bolsonaro disse para eles que disponibilizará equipamentos obtidos em parceria com Israel nas buscas pelas vítimas, com tecnologia capaz de localizar pessoas que estejam enterradas.


"Nós estamos aguardando nos próximos dias e fazendo uma análise melhor do terreno para empregar no momento certo outras tropas especializadas. Muito provavelmente vamos precisar de cães farejadores a partir de segunda-feira e faremos o contato tanto com o governo federal quanto com os Corpos de Bombeiros de outros Estados", afirmou o coronel.

O governador Romeu Zema agradeceu o suporte oferecido. "Eles vieram ver de perto a tragédia em Brumadinho e o governo federal se colocou à disposição naquilo que puder ajudar.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar