Aloysio Nunes pede demissão do governo de SP após operação
Tucano ocupava a presidência da Investe SP, agência de investimento do governo paulista, desde o começo do ano
 Portal Terra - Pedro Venceslau - 19 FEV 2019 
O presidente da Investe SP, Aloysio Nunes, pediu demissão do cargo nesta terça-feira, 19, após reunião com o governador João Doria (PSDB). A decisão foi tomada após Aloysio ter sido alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal, na 60ª fase da Operação Lava Jato.

SAIBA MAIS
Operador do PSDB recebeu US$ 952 mil da Andrade Gutierrez e da Camargo Corrêa

Doria se reúne com Aloysio para definir destino de ex-chanceler no governo

Doria encontrará Nunes para definir destino de ex-chanceler

Conta de operador emitiu cartão de crédito a Aloysio Nunes

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 19, a Operação Ad Infinitum, fase 60 da Lava Jato, e cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Aloysio, entre eles o apartamento onde mora ex-chanceler, em Higienópolis.

Adicionar comentário