Imprimir
Categoria: Contra Revolução de 1964
Acessos: 387



O MP, que nunca impediu as comemorações em homenagem à Revolução Russa, em pleno Congresso; que nunca impediu que se cantasse o hino da Internacional Socialista por professores, desvirtuados de suas funções, quer proibir que se comemore a Contrarrevolução de 1964 por ter devolvido o Brasil aos verdadeiros brasileiros, em razão de seus (dele, MP) membros rezarem por outro catecismo.
O MP está tratando as Forças Armadas como escolares que fazem travessuras, mostrando, claramente, de que lado ideológico está. Sugiro que os membros do MP e afins deixem Miami em paz e passem uma temporada nos paraísos cubano e venezuelano.
A melhor resposta das Forças Armadas é comemorarem essa data com solenidade e Ordens do Dia ignorando a ousadia, o atrevimento, a presepada do MP.



É necessário que se diga que, se o MP, STF e todo o judiciário existem e funcionam, é por vontade das Forças Armas que são a Primeira e Última Instância da Nação. Sem Forças Armadas não existiriam quaisquer outras Instituições.

PARABÉNS FORÇAS ARMADAS! QUE PERMANEÇA NO CALENDÁRIO MILITAR ESSA DATA, A PARTIR DA QUAL PODÍAMOS USUFRUIR DO DIREITO DE IR E VIR, DE USAR JOIAS, DE FREQUENTAR, A QUALQUER HORA DO DIA E DA NOITE OS LUGARES PÚBLICOS, OS PONTOS TURÍSTICOS, SEM SER ASSALTADOS E MORTOS POR BANDIDOS PROTEGIDOS POR ESSAS MESMAS ENTIDADES QUE DESEJAM MODIFICAR O PENSAMENTO MILITAR COM UMA NOTA DE AUTORITARISMO QUE MOSTRA O QUANTO O BRASIL PRECISA SER PASSADO A LIMPO.

Aileda
(Patriota, sem lavagem cerebral, a favor das Forças Armadas, da Contrarrevolução de 64, do Presidente Médici, da limpeza geral deste país, lamentando que, como contribuinte, tenha que pagar os proventos dessa gente do MP. Isso é que dói!)