Plano macabro Rosário era simular uma agressão de Guedes (Veja o Vídeo)
A deputada Maria Rosário tinha uma armadilha preparada contra o ministro Paulo Guedes.
Simular ou provocar uma reação mais agressiva do ministro.
Com esse objetivo ela se dirigiu a Guedes e tentou de todas as maneiras se aproximar o máximo possível.

A intenção era buscar o contato físico, para desferir ofensas e palavrões e assim aguardar uma reação mais rude.


Segundo o site O Antagonista, Daniella Cosentino, assessora especial de Paulo Guedes, salvou o ministro da armadilha.

A assessora notou que Maria do Rosário buscava algum tipo de contato físico com Guedes e imaginou o pior, se colocando entre os dois.

As imagens abaixo demonstram a atitude suspeita dessa deputada insana. Veja o vídeo:


Na sequência, não tendo conseguido o seu intento, Rosário, mau-caráter, acusou Daniella de tê-la agredido.

Quanta canalhice!

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar