Imprimir
Categoria: Forças Armadas
Acessos: 237


Clube Militar apoia oficiais e critica “incontinência verbal” de Olavo de Carvalho
Nota oficial indica preocupação com o “acirramento de ânimos”
Estadão
O Clube Militar divulgou uma nota de desagravo aos militares que fazem parte do governo de Jair Bolsonaro, na qual, sem citar nomes, critica o escritor Olavo de Carvalho. Segundo o texto, que é assinado pelo Coronel Sérgio Paulo Muniz Costa, os militares estão sendo “atingidos pela incontinência verbal que, impune, prospera inexplicavelmente em distintas esferas de poder”

O Clube Militar, que estava sendo comandado pelo general Hamilton Mourão, até ele tomar posse como vice-presidente da República em 1º de janeiro, indica profunda preocupação com o “acirramento de ânimos por conta de pronunciamentos, atitudes e medidas que conspiram contra o entendimento pelo qual anseia a sociedade brasileira.”
O desagravo também se estende à própria República, que, segundo a nota, é “equivocadamente tida por vulnerável ao assalto de aventureiros ignorantes mancomunados em uma nova internacional extremista.”