Ministros do STJ dão banho de água fria em Lula e confirmam que Carolina Lebbos decidirá sobre o semiaberto
Amanda Costa - Jornal da Cidade - 07/06/2019
Após o parecer da subprocuradora Áurea Pierre, favorável a progressão de regime para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, passando do regime fechado para o semiaberto, o advogado Cristiano Zanin, demonstrando toda a sua inaptidão para o exercício da advocacia, fez uma previsão sombria: Lula deve deixar a cadeia ainda em junho.Imediatamente, a cúpula petista, comandada pela saltitante Gleisi Hoffmann, começou a planejar um grande comício em São Bernardo do Campo, que seria realizado no dia da eventual soltura do meliante.


Eis que a Revista Crusoé resolveu ouvir ministros do Superior Tribunal da Justiça (STJ), que foram unânimes em apontar a peça do Ministério Público como uma coisa corriqueira nos processos da corte, mas que o entendimento entre os ministros é de que a discussão sobre a progressão de regime cabe à juíza responsável pela execução da pena, Carolina Lebbos.

A magistrada, tida como extremamente rigorosa, possivelmente não tem o mesmo entendimento da subprocuradora.

Logo, tudo indica que Lula deve ficar mais um tempo preso.

Enquanto isso, o processo do sítio avança no TRF-4 e uma eventual confirmação da condenação deve por um fim definitivo na discussão sobre o semiaberto, impondo a Lula mais uma longa temporada no xilindró. Acelera TRF-4! Fonte: Revista Crusoé

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar