Prezados
Inacreditável! É um espanto.
... 250 jatinhos naturalmente partindo... chegando... ninguém sabe... ninguém viu... radar... NO...
Saudações
Ernesto Caruso
"Pois bem... a resposta finalmente chegou! Ei-la: desde então, Suas Excelências passaram a usar um espetacular AEROPORTO CLANDESTINO na zona rural de Brasília, a exatos 35 km de distância da Praça dos Três Poderes.
Deputados, senadores, governadores, prefeitos e até magistrados de tribunais superiores fazem uso constante dessa pista pirata com 1.700 metros de extensão e que já conta com 119 hangares abrigando quase 250 jatinhos luxuosos, que custam em média R$ 20 milhões, tudo à revelia da Força Aérea Brasileira.
O aeroporto clandestino fica encravado nas terras de uma das antigas olarias utilizadas na década de 1960 para fornecer tijolos e matéria-prima para a construção da nova capital. Está localizado às margens da Rodovia Júlio Garcia (BR 251), no Núcleo Rural Capão Comprido da paupérrima Agrovila São Sebastião."

BOMBA DE EFEITO DEVASTADOR

O AEROPORTO DAS "EXCELÊNCIAS"

Não é incomum que o cidadão brasileiro pagador de impostos questione como o colarinho-branco se movimenta desde que o Escândalo do Mensalão e a Operação Lava-Jato revelaram como figurões transitavam pelos aeroportos oficiais com malas — e até cuecas! — recheadas de dinheiro afanado dos cofres públicos.

Pois bem... a resposta finalmente chegou! Ei-la: desde então, Suas Excelências passaram a usar um espetacular AEROPORTO CLANDESTINO na zona rural de Brasília, a exatos 35 km de distância da Praça dos Três Poderes.

Deputados, senadores, governadores, prefeitos e até magistrados de tribunais superiores fazem uso constante dessa pista pirata com 1.700 metros de extensão e que já conta com 119 hangares abrigando quase 250 jatinhos luxuosos, que custam em média R$ 20 milhões, tudo à revelia da Força Aérea Brasileira.

O aeroporto clandestino fica encravado nas terras de uma das antigas olarias utilizadas na década de 1960 para fornecer tijolos e matéria-prima para a construção da nova capital. Está localizado às margens da Rodovia Júlio Garcia (BR 251), no Núcleo Rural Capão Comprido da paupérrima Agrovila São Sebastião.

Um local afastado e bastante adequado para toda e qualquer autoridade que deseja embarcar em jatinhos particulares "na encolha", sem passar pela fiscalização da Polícia Federal - PF no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck - Brasília/DF, ou ser obrigado a pagar os caríssimos impostos e taxas aeroportuárias, como faz o cidadão brasileiro, reles mortal.

A denúncia está nas páginas da Revista Crusoé deste final de semana, em matéria investigativa assinada pelo repórter Renato Alves, que capturou, em imagens reveladoras e depoimentos assombrosos, como políticos de grande envergadura estão utilizando diariamente a pista clandestina, conhecida como "Aeroporto Botelho".

A matéria flagrou até um deputado e ex-ministro — filho de senador e também ex-ministro — que, enquanto sua casa e gabinete eram alvos de operação da PF, escapava com seis malas imensas no jatinho de um empresário. Tudo lá, registrado em fotos para quem quiser ver!

A quem interessar possa, segue o link para a matéria da Revista Crusoé -> https://crusoe.com.br/edicoes/74/pista-pirata/

Quando você acha que já viu e ouviu todas as mazelas e desgraças que o Brasil é capaz de produzir, lá vem a alta roda de colarinho-branco esfregar na cara do Povo Brasileiro o quanto somos trouxas.

O Brasil é a tonga da mironga do kabuletê!

É a #BananeiraJeitinho em ação... e #ÉaLama 🙄🍌
Vilma Moniz Portella
ADESG 2000

Adicionar comentário