Por editoria do site www.averdadesufocada.com
Reconhecendo as consequências que a doutrinação dos jovens trouxe a nossa juventude e as nossas universidades, o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra dedicou os seus dois livros : Rompendo o Silêncio e A Verdade Sufocada aos jovens do nosso País.
Dedicou-os aos jovens porque eles são o futuro, o novo Brasil. Dedicou-os aos jovens, porque eles são puros de espírito e de intenções. E os viu, muitas vezes, explorados em sua pureza.
No negro período das guerrilha rural e urbana revolucionárias que sofremos em nosso País, eles foram usados, manipulados em seus sentimentos. Fizeram-lhes a cabeça e puseram-lhes uma arma na mão. E os jogaram numa violência inútil.


Ofereçeu estes  livros aos jovens para que eles possam procurar a verdade. Porque os jovens devem ter a liberdade de encontrá-la. E viu que os jovens estão recebendo apenas as chamadas“meias-verdades” que, no seu reverso, são meias-mentiras. Porque se preocupou quando viu panfletos tomando ares de história contemporânea, e sendo utilizados como a verdade definitiva.
Não é sobre a mentira que se alicerça o futuro de um país.

Dedicou  estes livros aos jovens porque confiou que, na sua sede de justiça, saberão encontrar a verdade, e na sua fome de liberdade, saberão ser livres, e não permitirão que burlem de novo seus sentimentos, oferecendo a violência no lugar da paz; a mentira no lugar da verdade; a discórdia no lugar da solidariedade para construir o país.

Ofereçeu estes livros aos jovens para que não se deixem enganar por ideologias ultrapassadas, por soluções que não deram certo em outros países e para que não fertilizem as sementes da violência. Em
toda a mentira disfarçada de história contemporânea, ali está uma semente de violência.

É por isso que dedicou estes livros aos jovens, que repudiam a violência e amam a verdade.

Dedicou-os, a vocês jovens que já estão percebendo o momento perigoso que estamos vivendo para que não se deixem levar pela violência, não se deixem ser manipulados e não deixem que os joguem novamente numa violência inútil. 

O recrutamento e a doutrinação dos jovens talvez tenha sido o pior crime cometido pela esquerda armada no Brasil pois levou a juventude a crimes hediondos,corrompendo-a e usando-a como verdadeiras  "buchas de canhão"

Lutem pacificamente por um Brasil   sem corrupção , sem violência , sem ideologias obsoletas .

Brasil a cima de tudo, Deus a cima de todos!

Adicionar comentário