De acordo com vereador, que não explicou como teve acesso ao registro, ligação teria sido feita para a casa de Ronnie Lessa e não do presidente da República, como afirma reportagem do Jornal Nacional


João Ker - Isto É - 30 OUT 2019 
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC) publicou em suas redes sociais um vídeo no qual alega ter acessado o arquivo de ligações realizadas na portaria de seu condomínio no dia 14 de março de 2018, data em que a vereadora Marielle Franco (PSOL) foi assassinada. De acordo com a gravação postada por ele, não há nenhum registro de chamada realizada para casa 58, de propriedade do presidente Jair Bolsonaro.
Tentam criar fato político", diz Heleno sobre caso Marielle


Em uma reportagem exibida na noite desta terça-feira, 29, o 'Jornal Nacional', da TV Globo, afirmou ter acessado o depoimento de um porteiro do condomínio onde moram Carlos Bolsonaro, Jair Bolsonaro e Ronnie Lessa, autor dos disparos que mataram Marielle. O funcionário estava de plantão na data em que a vereadora foi assassinada e afirmou à polícia que Elcio Queiroz, motorista que dirigia o carro de onde Lessa disparou os tiros, foi ao local após ter sua entrada autorizada por alguém da casa 58, a quem identificou como o "seu Jair".

Na gravação, Carlos exibe uma relação de arquivos de áudio, o qual alega serem referentes às ligações realizadas pela portaria do prédio e afirma que a chamada citada pelo porteiro no depoimento foi feita às 17h13 para a casa 65, de Ronnie Lessa, e não a 58, de Jair Bolsonaro.


Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro
A Globo, sabendo dos fatos e podendo esclarecê-los, preferiu levantar suspeitas contra o Presidente e alimentar narrativas criminosas. Um simples acesso aos registros internos do Condomínio mostra que no dia 14/03/2018 NENHUMA solicitação de entrada foi feita para a casa 58.


@CarlosBolsonaro
A pedido da @VEJA ! Não se preocupem, abutres, disponibilizo também o áudio da ligação feita no dia 14/03/2018 para a casa 58 e 36, tempos antes e depois da ligação que realmente importa, feita para a casa 65, às 17:13. O que dirão agora? íntegra: http://youtu.be/vvUPazNZwSo

@CarlosBolsonaro
· 5h
A Globo, sabendo dos fatos e podendo esclarecê-los, preferiu levantar suspeitas contra o Presidente e alimentar narrativas criminosas. Um simples acesso aos registros internos do Condomínio mostra que no dia 14/03/2018 NENHUMA solicitação de entrada foi feita para a casa 58.

@CarlosBolsonaro
Nos registros, é mostrado que às 17:13, uma solicitação de entrada foi feita por uma pessoa de nome Elcio PARA A CASA 65. NEM ANTES, NEM DEPOIS DESSA LIGAÇÃO há tentativa de contato com Bolsonaro. ÁUDIO MOSTRA A CONVERSA DO PORTEIRO COM OUTRA PESSOA. http://youtu.be/PPWwlV9kz8U



· 5h
Respondendo a @CarlosBolsonaro
Nos registros, é mostrado que às 17:13, uma solicitação de entrada foi feita por uma pessoa de nome Elcio PARA A CASA 65. NEM ANTES, NEM DEPOIS DESSA LIGAÇÃO há tentativa de contato com Bolsonaro. ÁUDIO MOSTRA A CONVERSA DO PORTEIRO COM OUTRA PESSOA. http://youtu.be/PPWwlV9kz8U

B🎃🎃Tube ‎@YouTube




@CarlosBolsonaro
O nível de CANALHICE demonstrado pelos autores da matéria lixo exibida no Jornal Nacional é inadmissível! Os fatos foram deixados de lado para que ficasse no ar a suspeita. Nem eu imaginava que poderiam ser tão imundos! LIXOS ENGANADORES!

11,6 mil
10:50 - 30 de out de 2019
Informações e privacidade no Twitter Ads
2.930 pessoas estão falando sobre isso

Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro
· 4h
Para os que se apegam à psicose do que ao bom senso, explico: a matéria do JN fala sobre a entrada do suspeito por volta das 17h do dia 14/03/18. Nesta data, em torno deste momento, NENHUMA LIGAÇÃO PARA A CASA 58. Não é preciso esforço para entender, basta não ser canalha!


Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro
A ligação referida na matéria lixo da Globo, com horário da entrada e identificação do suspeito, além da voz de quem atendeu, que claramente NÃO É DE BOLSONARO, é o ponto importante. Se apegar à semântica ou literalidade de palavra para continuar levantando suspeita é CANALHICE!

8.351
12:13 - 30 de out de 2019
Informações e privacidade no Twitter Ads
2.151 pessoas estão falando sobre isso

Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro
Para os que se apegam à psicose do que ao bom senso, explico: a matéria do JN fala sobre a entrada do suspeito por volta das 17h do dia 14/03/18. Nesta data, em torno deste momento, NENHUMA LIGAÇÃO PARA A CASA 58. Não é preciso esforço para entender, basta não ser canalha!

16,5 mil
12:09 - 30 de out de 2019
Informações e privacidade no Twitter Ads
5.175 pessoas estão falando sobre isso

Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro
· 2h
A pedido da @VEJA ! Não se preocupem, abutres, disponibilizo também o áudio da ligação feita no dia 14/03/2018 para a casa 58 e 36, tempos antes e depois da ligação que realmente importa, feita para a casa 65, às 17:13. O que dirão agora? íntegra: http://youtu.be/vvUPazNZwSo



@CarlosBolsonaro
Como disse o @gen_heleno , há uma tentativa proposital e descarada de desencadear movimentos semelhantes aos que ocorrem em outros países da América Latina e favorecer os bandidos de sempre! Ou vão dizer agora que a culpa é do entregador de fast-food e do Uber?



@CarlosBolsonaro
· 2h
Respondendo a @CarlosBolsonaro
Como disse o @gen_heleno , há uma tentativa proposital e descarada de desencadear movimentos semelhantes aos que ocorrem em outros países da América Latina e favorecer os bandidos de sempre! Ou vão dizer agora que a culpa é do entregador de fast-food e do Uber?


Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro
Um cadáver sendo usado de maneira que beira a psicopatia. Não há interesse em solução, apenas a vontade doentia de acusar adversários políticos em busca de PODER. O ódio por Bolsonaro e a sede pelo poder é maior do que o desejo real de justiça pela morte de um aliado. Doença!

O vereador não explicou como teve acesso à provas, mas reafirmou que as investigações do caso Marielle correm sob segredo de Justiça.

Adicionar comentário