Penso, logo persisto A EXCLUSIVA CULPA DO STF
Luiz Sérgio Silveira Costa
Tendo em vista as já observadas, e sentidas, consequências da lamentável decisão do STF, e, apesar dos vários comentários na imprensa, programas de TV e mídias sociais, sobre o que foi e o que será daqui para a frente, penso que:O STF:
- A culpa de tudo isso é apenas do STF, uma vergonha! Um bando de vaidosos, alguns canalhas, e um absurdo desligamento da realidade, especialmente do papel que tem, de ser o Supremo, deter a decisão definitiva, final, a parte que, embora do Judiciário, tem de pensar nas consequências políticas de suas decisões, e não, simplesmente, como juízes fazem, dar uma canetada e seguir para seus carros refrigerados e mansões vigiadas por seguranças, independentemente do que venha a acontecer! Aliás, a arrogância e protagonismo os obliteraram até de pensar em si mesmos e famílias, em como sair de casa, ir a um restaurante, a um cinema, pelo apupo popular, pelo olhar de indignação, e até por uma agressão física ou tomatada. Isso faz parte do citado desligamento da realidade, ou da psicótica certeza de que são deuses....


- Tratava-se de prisão de criminosos. Ou seja, se em segunda ou quarta instância, teriam que cumprir pena, apesar de o perigo da prescrição. Então, por que:
• se mais cedo ou mais tarde seriam presos, afrontar a sociedade, e, muito pior, as vítimas desses criminosos, mesmo de colarinho branco, pois roubaram dinheiro público, que poderia ser usado em amenizar tantas agruras dos mais necessitados???

•Toffoli, na sua peroração vaidosa e empolada, falava algumas palavras e fazia pausas para olhar a plateia, certamente vaidoso de seu desempenho?
•Toffoli, ao falar da boate Kiss, sugeriu estar sensibilizado com a dor e doenças dos familiares, em vez de dar uivos e murros na mesa, e criticar abertamente a sistemática jurídica, causadora da demora de se ter um júri popular? Naquele momento, desnudou a sua hipocrisia! Lágrimas de crocodilo!

•Toffoli, no seu pensado voto, disse que o Congresso pode mudar isso, tentando aliviar o dissabor de sua decisão, sabendo que, no Congresso, as coisas são muito mais difíceis....; quis aliviar a sua barra!
• Carmem Lúcia, como presidente, prudentemente não pautou HC que envolvesse esse assunto, deixando-o adormecido, mas Toffoli pautou! Por quê? Por causa de Lula e Dirceu, seus ex-patrões e benfeitores!

E quem mais estava lá?

Respondo:
•Lewandowski, que disse que “... A Constituição não permite margem de interpretação...”. Foi lamentável que ninguém tenha pedido aparte dizendo que “Então para que existe o STF a não ser interpretar a Constituição:” E, fulminar: “Então por que VExa resolveu interpretar um artigo em português claro, impassível de interpretação, e fatiá-lo, ao propor manter os direitos políticos de Dilma, quando do impeachment dela?”

• Marco Aurélio, o relator, que, nessa mesma semana admoestou dois advogados por chamarem os membros do STF de “você/s”. Reclamou da liturgia, teriam que chamá-los de VExa. Interessante, mas por que não se lembrou da liturgia ao ir ao Sambódromo, no Carnaval do Rio, ele e esposa, no camarote da Brahma, vestidos, com camisetas da Brahma, a patrocinadora do desfile? Como se sentiria ao julgar algum processo da cervejaria? Por que não pagou por um camarote pessoal, pois recebe vencimentos robustos? Ah, gastar o dinheiro dos outros, no caso a Brahma, mas, de modo geral, da Viúva...

• Gilmar Mendes, nunca questionado por ser empresário, em claro desrespeito à Lei da Magistratura, o que o leva ter atrasos e faltas ao plenário, e que programa viagens ao exterior para congressos totalmente dispensáveis, aos quais cava patrocínios com o peso de sua toga? E sem falar de não ter se sentido impedido de julgar HC e sustar ação contra Jacob Barata Filho, mesmo tendo sido padrinho de casamento da filha dele! Na ocasião, a então PGR, Raquel Dodge, assim se manifestou, em suspeição à então presidente do STF, Carmen Lúcia "O reconhecimento da suspeição é, antes de tudo, um dever do próprio magistrado de não atuar em situações que possam, por algum motivo, retirar-lhe a devida e necessária isenção." E ficou por isso mesmo!!!

O STF não pensou politicamente, e, muito menos, demonstrou empatia com as vítimas, os que sofrem e sofreram nas mãos de celerados, que estupram, matam, aleijam, que, embriagados, atropelam inocentes em alta velocidade, jogam filhas pela janela abaixo, e no que se poderia ter feito para os pobres se o dinheiro público não fosse roubado. Nem no caso da boate Kiss, pois a sua cara de choro foi fingida, pois sabe do que está ocorrendo, e, com o seu cargo de presidente do STF, não agiu para impor celeridade ao processo. Faltou-lhe comiseração com as vítimas, que teve para com os criminosos!
Vergonha!!!

A atitude de Toffoli foi claramente de agradecimento a Dirceu e Lula, por o terem escolhido para o STF. Com Dirceu, ao soltá-lo, apesar de ter sido preso em 2ª instância, no tempo em que era legal a prisão em 2ª instância... E, agora, claramente para afagar Lula, o seu benfeitor, e dar a ele a chance de sair sem tornozeleira ou limitações!

O CONGRESSO

Está mais do que provado que a sistemática de indicação ao STF pelo PresRep é que causa isso, que impõe, ao escolhido, reverência eterna ao que o indica. Mas, espera-se que o Congresso não se valha disso, para evitar que Bolsonaro indique os próximos dois. Sim, pois o Congresso - composto por muitos bandidos, e especialmente a Câmara e o seu Centrão, no fundo um centro de impatriotismo e locupletação com o dinheiro público, como o provam as seguidas tentativas de aumentar o Fundo Eleitoral, mais uma excrescência, ou esqueleto no armário – pode, perfeitamente, mudar o atual sistema. E, como são capazes de tudo, para evitar que Bolsonaro indique Moro e outro, são capazes até de alterar a PEC da Bengala para 80 anos.... Aliás, Bolsonaro em suas indevidas citações, já disse que vai indicar um ministro terrivelmente evangélico, lembram-se? Absurda declaração!!!

Pois o Centrão já disse que essa PEC não passa, e, se o Centrão se somar à oposição, será mesmo muito difícil passar...

E, sobre o Senado, o presidente Alcolumbre não pauta a CPI do Lava-Toga, pois não quer confusão com o STF, pois também tem os seus enroscos.

Pobre País!!!AS FORÇAS ARMADAS

Dificilmente entrarão! Foram espezinhadas no governo FHC, com grandes perdas de vantagens, sem terem tido reajustes de vencimentos, e nada fizeram! Nos governos petistas, também se submeteram, houve alguns adesistas, até serviçais, conseguindo fulgurosa carreira, vergonhosamente aguentando destratos da irascível Dilma. Os exemplos impatrióticos dos políticos, do Judiciário e de certas instituições, as elites do serviço público, de “farinha pouca, meu pirão primeiro”, de privilégios, cupidez e penduricalhos salariais, acabaram estimulando os militares ao silêncio, ao não protagonismo, mirando na carreira, nos galões e cargos estrelados, e terminando a carreira em outros, no exterior e no Brasil.

E, além disso, hoje, no mundo atual, golpes militares, especialmente por países significativos, não são admissíveis pelos países do Primeiro Mundo, e por órgãos multinacionais. A democracia, assim como a ecologia, são imposições da modernidade.

É uma pena, pois não precisamos de um governo militar como em 64; apenas de alguns poucos meses, para fazer, com decretos, as reformas urgentes, um tipo de freio de arrumação, para que se tenham novas e atuais mudanças tributárias, administrativas, políticas e, mais importante do que tudo, uma nova Constituição, enxuta, sem dificuldades de interpretação e que imponha deveres, e não apenas direitos! Fazer isso na democracia, com mais de 30 partidos, é tarefa hercúlea!

VOLTANDO AO STF, A VERGONHA NACIONAL

Lula chamou Moro de canalha. Moro respondeu que não responde a criminosos, presos, ou soltos (ótima resposta). Bolsonaro chamou Lula de canalha. Lula o chamou de miliciano...
Perceberam, vetustos membros do STF, a situação que criaram????

A situação política é grave, pelo risco de conflagrações entre lulistas e bolsonaristas, e de dificultar a aprovação das inadiáveis reformas. Isso é tudo de que o Brasil não necessitava! Por que não pensaram nisso? Respondo: pela empáfia, arrogância e por tirarem os pés do chão, e por se acharem supremos, o que não são!

Assim, tudo o que de ruim e de grave acontecer a partir de agora, nesse crescente clima de conflagração, será culpa exclusiva desse vergonhoso e imprevidente STF!


Rio de Janeiro, 8 de novembro de 2019

Adicionar comentário