Prezados CAMARADAS TEXTO RECEBIDO NO IPHONE
Resolvi repassar aos colegas esse elucidativo texto que recebi no Whatsapp. Vale lê-lo e se julgarem oportuno repassá-lo aos correspondentes. Estamos assistindo, pelo noticiário de todas as TV, os distúrbios e manifestações sociais, desencadeadas, quase em cadeia, como se tivessem sido planejadas, adredemente, com o intuito de ensinar aos militantes, uma nova forma de implantar o CAOS , nas principais cidades da América Latina.
Para quem estudou os Processos Revolucionários históricos, o fato não constitui novidade. A concorrência deles e a forma utilizada sugerem uma Coordenação Planejada.
O texto, escrito por um cidadão que reside no Chile, é oportuno e , depois de lido, repassado. Abraços . SANTOS
"Sou brasileiro, psicólogo e resido há 14 anos no Chile!
Ainda que vocês certamente estejam por dentro do que esteja ocorrendo aqui e com o povo chileno, gostaria de expressar a minha visão, a minha modesta opinião!!
Oxalá este depoimento sirva de alerta ao povo brasileiro e quiçá a alguns integrantes das FFAA do nosso amado Brasil, em função do sério risco de que estas manifestações terroristas sejam imigradas brevemente para o nosso país.


Apesar de que as manifestações aqui já estejam na quarta semana e de que os mais graves ataques incendiários impetrados contra o metrô de Santiago tenham ocorrido de forma 'claramente coordenada', a grande maioria dos chilenos ainda não acredita na existência de um grupo terrorista externo, do qual os internautas brasileiros de direita já estão plenamente cientes!
Os manifestantes chilenos, em sua maioria estudantes universitários e do ensino médio, assim como no Brasil foram doutrinados por décadas, mantendo-se iludidos e manipulados por tais agentes sinistros, e acreditando que tudo se trata de uma questão social interna.

Algumas das suas reivindicações, ainda que ao meu parecer sejam realmente justas, estão sendo atendidas pelo presidente Sebastián Piñera; porém, ainda assim as manifestações continuam, influenciados que estão os manifestantes pelo ódio disseminado contra a direita e o atual governo, ação esta da qual participam a maioría da mídia esquerdopata daqui e os políticos da esquerda... realmente uma cópia do que tem acontecido no Brasil e países que estão, estarão, ou estiveram sob o ataque do Foro de São Paulo, agora conhecido como "Grupo de Puebla".
O presidente do Chile está com aprovação praticamente "zero"!

Perdeu por completo a sua autoridade, logo que foi forçado pelos partidos de esquerda e pela Michele Bachelet, juntamente com o departamento dos DDHH da ONU, a retirar o Exército das ruas... e em seguida a proibir que os policiais locais, conhecidos como "Carabineros", a restringir suas táticas de contenção aos atos de vandalismo e destruição que, lamentavelmente, continuam ocorrendo de norte a sul do país.
A polícia, em número absurdamente inferior aos manifestantes, está sendo atacada com pedras, paus e coquetéis molotov, sem poder se defender... e muito menos atuar para conter. Ou seja, este lindo país chamado Chile está se tornando "terra sem lei" e seu povo, iludido e inconsciente... sendo conduzido à triste situação de uma Venezuela.
Para concluir, me permitam uma breve visão externa sobre o Brasil... traçando ponto a ponto uma analogia com a atual realidade chilena e considerando o que tudo indica estar ocorrendo aí, a nivel de arquitetações obscuras, para servir como um sinal de "alerta vermelho":

1. A educação, em ambos países, foi totalmente aparelhada pela esquerda... e milhares de jovens se tornaram cegos militantes de líderes social-comunistas (ou bolivarianos).

2. A história, no que se refere ao período militar, foi reescrita desde a perspectiva socialista e fundamentada na vitimização respaldada por uma classe de "direitos humanos" que protegem aos supostos "vitimizados sociais", do outro lado conhecidos por 'criminosos'.

3. A imprensa foi totalmente comprada... razão pela qual desfere ataques diários aos presidentes de direita, sempre no intuito de sujar suas imagens, ocultando e/ou minimizando suas melhores realizações.
4. Coincidentemente ao discurso de Nicolás Maduro, onde o ditador genocida afirma que "o Foro de São Paulo está cumprindo, ponto a ponto, todas as suas metas... e à afirmação do senador petista Humberto Costa, de que "logo chegará a vez do Brasil" (passar pelas mesmas manifestações destruidoras que ocorreram em outros países e agora no Chile), não é de se estranhar... e chega mesmo a ser 'altamente suspeito', que - justamente neste momento - o STF brasileiro tenha voltado a derrubar a "prisão em segunda instância, libertando a perigosos e influentes líderes criminosos como o "Carniça" (eu fiz a alteração para esse codinome) e Zé Dirceu, além de outros milhares de atores nocivos à sociedade!

Logo a seguir, os dois elementos supracitados, tão logo libertados, passaram a lançar críticas ferozes ao Presidente da República e aos seus Ministros, incitando os seus seguidores ao ódio e a seguir o exemplo dos manifestantes chilenos, no sentido de promover as mesmas ações terroristas (saques, depredaçoes e incêndios)... contra os patrimônios público e privado!

Brasileiros e brasileiras a maior parte das destruições e incêndios que ocorreram no Chile, se deram em apenas uma madrugada e um dia, sendo destruídas 70 estações de metrô, com 20 delas incendiadas; 243 supermercados, 33 deles incendiados... somente na região metropolitana de Santiago; sem contar as dezenas de agências bancárias destruídas, igrejas com suas imagens sacras arrebentadas (estátuas da Virgem Maria decapitadas), além de centenas de farmácias, shoppings e lojas de todos os portes... por todo o país!

O mais doloroso é ver os mascarados incendiando...
muitas pessoas sinplesmente assistindo e alguns filmando, para publicar egoisticamente em suas redes sociais, sem nenhuma ação conjunta para deter aos depredadores... que aliás sempre estão em minoria, salvo exceções, quando grande quantidade de manifestantes também participam de saques! Ou seja, estão destruindo a "casa" dos chilenos, que é o seu país... e simplesmente assistem!
"TRISTE!"

Esta mensagem, longe de pretender causar pânico ou escandalizar aos meus compatriotas... se constitui como uma proposta de reflexão e 'união', no sentido de cobrar das autoridades ações 'urgentes e imediatas', para que não aconteça no Brasil o que está acontecendo no Chile!

Brasileiros e brasileiras patriotas, façam valer rapidamente o "Artigo Primeiro da Constituição"... e que a voz da nossa Nação predomine...
EM SUA PLENITUDE!!!
O autor do texto não se identificou por razões óbvias.

Adicionar comentário