Em vídeo dirigido a militância, Lula convoca a "massa de manobra" para provocar o caos no Brasil
Jornal da Cidade - 22/11/2019 às 07:02


Em vídeo recentemente postado nas redes sociais, o ex presidente Lula, condenado por corrupção, aparece falando mais um monte de bravatas com o intuito de incendiar a sua massa de manobra movida a pão com mortadela para repetir no Brasil a convulsão social que está ocorrendo no Chile.

Ele acha que o povo não sabe que ele foi o principal causador da crise que afundou o país e quase quebrou a Petrobras.



No vídeo, o condenado insufla o ódio a Bolsonaro, acusando-o de ser miliciano, da morte de Marielle Franco, de ser o responsável pelo impeachment da Dilma e da violência contra os pobres, etc.

Tudo para culminar seu ‘discursinho’ fajuto apelando para que suas massas partam para praticar atos violentos e bandalheira, como os que estão ocorrendo no Chile (com a ajuda de espiões Venezuelanos e Cubanos, como já foi noticiado).

Ao que parece é uma estratégia para tornar o país ingovernável, para tentar voltar ao poder através de novas eleições.

Trata-se de mais um ato irresponsável do PT e de seu mentor, que pouco se importa com as consequências para o pais; preferindo vê-lo destruído e com pessoas mortas, contanto que consiga voltar ao poder para tentar sacramentar os planos comunistas elaborados no Foro de São Paulo, que é transformar a América Latina em uma grande união de países socialistas, a "Pátria Grande".

Nunca será, pois o povo brasileiro acordou e não será dominado.

Adicionar comentário