Jornal da Cidade  - 18/12/2019 às 16:30 Nesta terça-feira, 17, avançou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), referente a impressão de cédulas de papel em votos no país, ou seja, a volta do voto



impresso, a proposta é da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF). A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, aprovou a admissibilidade da PEC por 33 votos a 5.

Segundo a PEC, as cédulas deverão ser depositadas em urnas indevassáveis de forma automática e sem contato manual, para fins de auditoria e o eleitor poderá conferir as cédulas.

Em 2018 o Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou proposta parecida.

Bia Kicis optou justamente por uma PEC, pois em ocasiões anteriores outras propostas parecidas foram derrubadas pelo STF, uma Proposta de Emenda Constitucional por sua vez não pode ser alterada pelo Supremo.

O presidente Jair Bolsonaro, durante sua campanha em 2018, já havia mostrado interesse em implantar essa ideia.

Agora a PEC segue para uma comissão especial em seguida passará por votação no plenário Câmara e do Senado, para votação em dois turnos.

Confira o vídeo de Jair Bolsonaro sobre o voto impresso:


da Redação
O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar