Jornal da Cidade - 16/02/2020 às 14:32
O respeitado jornalista Guilherme Fiúza definiu com precisão o procedimento comportamental do deputado Rodrigo Maia.

“Rodrigo Maia é sempre uma bússola segura para se saber qual é a narrativa falsa do momento. Ele voltou a puxar o saco da grande imprensa atacando as redes sociais, depois que a CPI Fake confirmou o vexame da Folha tentando emporcalhar a eleição. É o bloco da censura democrática.”


De fato, Maia, autoritário e ignorante, é uma figura extremamente nociva.

Aliás, o grande perigo que pode abalar qualquer democracia é um idiota com poder.

Nesse sentido, eis o que postou o aprendiz de tirano, logo após o depoimento da testemunha Hans River Rio do Nascimento:

“Dar falso testemunho numa comissão do Congresso é crime. Atacar a imprensa com acusações falsas de caráter sexual é baixaria com características de difamação. Falso testemunho, difamação e sexismo têm de ser punidos no rigor da lei.”
Quem ele pensa que é para chegar a essas conclusões?

Sem investigar, ele acusa e condena.

Parece que esse tipo de conduta é que caracteriza o abuso de autoridade.


da Redação

Adicionar comentário