Imprimir
Categoria: Você sabia ?
Acessos: 483

"Trata-se de processo sigiloso. Não temos informações", diz STF sobre caso de jornalista Oswaldo Eustáquio
"Trata-se de processo sigiloso. Não temos informações", diz STF sobre caso de jornalista Oswaldo Eustáquio
Jornal da Cidade30/06/2020 
Um processo “secreto”.É isso que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o jornalista Oswaldo Eustáquio.Nem o advogado contratado para o caso teve acesso aos autos.
Isso é gravíssimo.


Ademais, o jornalista é pessoa absolutamente idônea. Nunca sequer respondeu a processo criminal. Nunca recebeu qualquer tipo de intimação relacionada ao caso. E mais, estava no legítimo exercício de sua profissão.

Situações que tornam tudo ainda mais grave.

Pior é ver certa imprensa tentando criminalizá-lo, aventando uma possível fuga.

Quanto absurdo!

Ele não tinha contra si nenhum mandado de prisão. Não estava sendo processado. E, no momento, não sabe sequer do que está sendo acusado.

Assim fica a pergunta:

Estaria fugindo de que?

Essa é uma resposta que nem Eustáquio tem...

JJornalista Oswaldo Eustáquio tem prisão temporária prorrogada e é transferido para Brasília

O ministro Alexandre de Moraes determinou nesta terça-feira (30) a imediata transferência do jornalista Oswaldo Eustáquio, de Campo Grande (MS) para Brasília.

No mesmo despacho, o magistrado supremo prorrogou por mais 5 dias a prisão temporária do jornalista.

Segundo informações colhidas pelo Jornal da Cidade Online, o advogado de Eustáquio, Elias Mattar Assad, ainda não conseguiu ter acesso aos autos do inquérito.

Uma cópia lhe foi prometida para hoje.

Eustáquio permanece preso, teve a prisão prorrogada e o advogado ainda não conseguiu saber qual a acusação que pesa contra o seu cliente.

É efetivamente um ‘inquérito do fim do mundo’.

Mais um absurdo cometido pelo STF.