Há algum tempo vem abrilhantado o programa “O Grande Debate”, onde sempre um tema é colocado para discussão entre debatedores com visões antagônicas.

Porém, nesta sexta-feira, 31, um fato incomum aconteceu…

O debatedor Bruno Salles concordou com Coppolla e - ao contrário do que era de se esperar - não defendeu o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes e sua inaceitável sanha totalitária.

O ato um tanto inusitado, surpreendeu a todos e mostra que a ‘censura’ imposta por Moraes ultrapassou todos os limites.

Caio, por sua vez, notadamente teve mais uma brilhante participação e demonstrou com clareza as “insensatas e absurdas” decisões de Moraes, através do malfadado inquérito das fake news.

 

Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar