Por Cláudio Humberto - Jornal de Brasília.

 O presidente Lula está confuso em relação ao caso Cesare Battisti. Ele contou a um amigo haver recebido a garantia do Supremo  Tribunal  Federal de que a "bomba" não seria colocada em seu colo. Era o que queria, para dar uma  satisfação a radicais ligados ao PT do ministro Tarso Genro ( Justiça) . Um advogado levou a ele o recado do STF: haveria a "vinculação" da sentença à obrigatoriedade em cumpri-la.

ESTAVA DECIDIDO

Na Itália, Lula disse que cumpriria a decisão do STF. Era a senha para que o STF decretasse a vinculação. Mas a malandragem prevaleceu.

A JOGADA

Com sua decisão, o STF se livrou do ônus de extraditar o bandidão e devolveu a Lula o problema criado pelo seu ministro da Justiça.

Adicionar comentário