MENSAGEM DO COMANDANTE DO EXÉRCITO AOS COMPANHEIROS DA RESERVA

Ao longo de cada ano, uma expressiva quantidade de militares passa para a reserva, após muitos anos de dedicados serviços prestados à Pátria. Identifico essa fase de transição como de extrema sensibilidade e forte impacto na vida de cada um e de seus familiares. Sei, também, que a dedicação integral ao serviço impede que nos preparemos para esse momento. Passar para a reserva é ingressar em um mundo de reminiscências. Substituímos o somos por um saudoso fomos e deixamos a emoção permear nossos sentidos.
Texto completo
Sei também que, diferentemente do que aconteceu quando, adolescentes, nos incorporamos ao Exército, é o Exército, agora, que está incorporado à nossa alma, ao nosso jeito de falar, de andar e de sentir.

Assim sendo, peço aos companheiros da reserva que permaneçam ativos, pois:
- o Exército necessita de suas colaborações, mesmo sabendo que já cumpriram a missão;
- suas sugestões, ações e experimentados conselhos continuam sendo valiosos para o aperfeiçoamento de nossa Força;
- seus exemplos de abnegação, desprendimento e amor à Pátria permanecem ecoando por onde passaram, servindo de emulação àqueles que chegam para seguir cumprindo a missão.

Tenho consciência de que o Exército de hoje foi construído pelo de ontem; de que a ativa um dia se tornará reserva e de que, regidos pela hierarquia e pela disciplina, somos um todo inseparável e coeso.

Brasília, DF, 28 de março de 2007.

General-de-Exército ENZO MARTINS PERI
Comandante do Exército
Adicionar comentário