General Enzo.  Sou uma mulher que acompanhou um Tenente, que chegou a  General.  Por trinta e oito anos acompanhando as sucessivas promoções, fui aprendendo o que é pertencer à família V.O.  Sei que para algumas “colegas”, era uma vida onde eram mais anotados  os sacrifícios – que realmente, não são poucos – que a lição de solidariedade que aprendemos acompanhando um oficial  militar.  Acredito que nas outras FORÇAS  não seja diferente, mas conheço a do EB.

 

Texto completo


Houve um “ministro” – hoje ministro da Fazenda, que nos chamou – em frente as câmeras de TV – de VAGABUNDAS.  Se lhe interessa, saiba que não deixei de esclarecer a ele o QUE REALMENTE  É  “SER MULHER DE MILITAR”.

 

Nesse período de trinta e oito anos , também escrevi muito COBRANDO algumas atitudes de militares – alguns chefes – que a mim, de acordo com o exemplo  aprendido com meu marido e companheiros de andanças, pareciam INDÍGNAS  de quem um dia na troca do ESPADIM de CAXIAS, pela ESPADA de ASPIRANTE,  prometeu MORRER PELA PÁTRIA, se NECESSÁRIO FOSSE.

  

Os oficiais com quem convivi,  General, todos mantiveram o juramento e, que seja do meu conhecimento NENHUM se arrependeu. Pelo contrário, ouvi muitos lamentos em ter que ver e ouvir, quando colegas de farda desrespeitavam – pelo menos aparentemente – os ensinamentos CLAROS e IMUTÁVEIS do R.D.E. e outros REGULAMENTOS.

           

Hoje General, li sua mensagem aos companheiros da reserva.  Sempre tive para mim, que O ÚNICO posto GARANTIDO para um oficial das FFAA, É a RESEVA.  Não pode, nem deve ser considerada como uma vergonha. Deve ser sim, a CERTESA do DEVER cumprido e que MERECE o respeito daqueles que caminham para esta ETAPA.

           

Senhor General Enzo Martins Peri, Comandante do Exército.  Espero que o senhor seja a resposta às minhas preces – e tenho certeza de todas as famílias de oficiais da RESERVA e ATIVA – para manter ALTANEIRA, no TOPO DO MASTRO, a NOSSA BANDEIRA VERDE, AMARELA, AZUL e BRANCO.

           

Senhor General, sua mensagem reavivou as brasas da fogueira que parecia estar para apagar-se. Não nos desiluda. Que PAPAI do CÉU lembre-lhe a cada manhã do seu comando, o MARAVILHOSO HINO da AMAN. Toda a família militar – da ATIVA ou da RESRVA – conta com o ESPERANÇA que o senhor reavivou com sua mensagem. 

 

                        Glacy Cassou Domingues – Grupo Guararapes.
                        Fort. 29/ 03/2003

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar