O Clube Militar, diante dos recentes fatos amplamente divulgados pela mídia, vem de público manifestar repúdio ante ao claro desrespeito à lei e hipotecar solidariedade à denuncia feita pelo Clube de Aeronáutica em sua nota expedida em 31 de março de 2007. 

A atitude do Governo, ao desautorizar as punições impostas pelo Comandante da Aeronáutica aos controladores amotinados, fere, de forma inconteste, a hierarquia e a disciplina, preceitos básicos da nossa instituição. 

Os deploráveis acontecimentos causam justa revolta e preocupação diante de desdobramentos que podem, como já ocorreu outrora, tomar rumos incontroláveis. 

O Clube Militar reafirma sua convicção de que democracia se constrói com o fiel respeito à lei, frontalmente vilipendiada nesse episódio.  

Gen Ex Gilberto Barbosa de Figueiredo
Presidente do Clube Militar


Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar