Correio Braziliense
Os hospitais de campanha do Exército e da Aeronáutica instalados em Pernambuco e Alagoas após as fortes chuvas de junho já atenderam mais de 16 mil vítimas das enchentes em 22 dias de trabalho. De acordo com o Ministério da Defesa, a maior parte dos problemas médicos ainda é consequência de condições sanitárias ruins. As autoridades estaduais registram, até o momento, a existência de 44.426 desabrigados (26.618 em Alagoas e 17.808 em Pernambuco), além de 57 mortos (37 em Alagoas e 20 em Pernambuco) e 69 desaparecidos (todos em Alagoas).

Comments powered by CComment