Lula, o grande ditador, o dono
  do mundo!
Por Naiara Sobral, especial para o Te Contei 
Daniel Filho prestigiou a abertura do Festival do Rio, realizado na noite de quinta-feira, 22, no Cine Odeon, Rio de Janeiro. O diretor aproveitou a oportunidade para comentar sobre a indicação do filme "Lula, o Filho do Brasil" como o representante brasileiro de uma vaga para disputar o Oscar. Visivelmente contrariado, Daniel Filho falou sobre a escolha, feita pelo Ministério da Educação.
"Meu problema é a política, que não pode comandar o cinema. Foi uma escolha política? Isso que me preocupa. Acho que tantos outros filmes representariam o Brasil, como "5X Favela", "Proibido Fumar" e "A Suprema Felicidade", disse.
Daniel Filho, que assinou filmes como "Se Eu Fosse Você" e "Chico Xavier", ainda completou, fazendo uma brincadeira: "Como é mesmo o nome do filme: 'Lula, o dono do Brasil?".
Adicionar comentário