02/11 - Antônio Carlos Vaca foi agredido na porta de casa, em Borebi.
Ele ficou gravemente ferido e foi submetido a cirurgia na cabeça.
Globo.com - G1 SP 
A polícia já identificou os envolvidos na briga de integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) com Antônio Carlos Vaca (PSDB), prefeito de Borebi, cidadezinha a 309 km de São Paulo e que tem 2 mil habitantes.
A confusão foi na noite deste domingo (31). Nesta segunda-feira (1º), o prefeito permanecia internado na UTI de um hospital particular em Bauru, a 329 km de São Paulo, após passar por uma cirurgia na cabeça.
A família disse que o prefeito foi agredido por integrantes do MST que comemoravam a vitória de Dilma Rousseff. Ainda segundo parentes, o prefeito tentou impedir que manifestantes retirassem da casa dele faixas do candidato José Serra. Antônio Carlos Vaca foi atingido com um chute pelas costas, caiu e bateu com a cabeça no chão, ficando gravemente ferido.
Segundo o MST, durante a confusão, o prefeito agrediu um dos integrantes, que se defendeu.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar