"Ponha-se na presidência qualquer medíocre, louco ou semi-analfabeto e vinte e quatro horas depois a horda de aduladores estará à sua volta, brandindo o elogio como arma, convencendo-o de que é um gênio político e um grande homem,e de que tudo o que faz está certo. Em pouco tempo transforma-se um ignorante em um sábio, um louco em um gênio equilibrado,  um primário em um estadista. E um homem nessa posição, empunhando as rédeas de um poder praticamente sem limites, embriagado pela bajulação, transforma-se num monstro perigoso ".
MOURÃO FILHO, Olympio.
Memórias: a verdade de um revolucionário. Porto Alegre, L&PM, 1978. Pag. 16

Comentários   
#1 Helio 15-10-2013 08:05
Esse cara foi um profeta....
Adicionar comentário