Começa o desemprego no setor
Construção fecha mais de 300 vagas em São Paulo
 Maria Cristina Frias
Folha de S.Paulo - 09/12/2010
Em um sinal da desaceleração no setor, a construção civil fechou 304 vagas de emprego no município de São Paulo em outubro, segundo pesquisa do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de SP) e da FGV.
A queda não pode ser atribuída apenas à sazonalidade, segundo a entidade.

 

 Texto completo

No mesmo mês de 2009, ao contrário, foram admitidas 3.129 pessoas no município.
Outubro ainda é cedo para o declínio costumeiro registrado nos finais de ano. As quedas geralmente aparecem em novembro e dezembro, devido a férias e chuvas.No ano passado, o aquecimento era tamanho que em novembro ainda foram registradas contratações.
"Sentimos certa desaceleração nos níveis de contratação, mas o crescimento do setor ainda é importante", afirma o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe. Em todo o Brasil, houve alta tímida, de 0,6% no mês, com a contratação de 16.345.
O cenário é impulsionado pelas obras que foram concluídas e entregues, "em número maior do que as que se iniciam", diz Watanabe.
Em todo o Estado de São Paulo, foram contratadas 956 pessoas, alta de apenas 0,13%. A região Nordeste, destaque durante o ano, ainda subiu 1,5% no mês. O Norte não manteve o bom resultado que vinha apresentando e fechou 558 vagas.

Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar