Cap PM Carlos Alberto Mendes Junior. Sua família , que nunca ganhou nenhuma indenização dos governos federal e estadual, tem problemas psicológicos até hoje . Seus pais não se conformam em ter  único filho  sido assassinado de forma brutal,  por bandidos sempre  tão endeusados pela nossa mídia.

Publicado no jornal O GLOBO  - Panorama Político - Tereza Cruvinel -12/06/2007

A Comissão de Anistia, renovada, toma posse hoje e examina um dos casos que mais toca a sensibilidade militar. O do ex-capitão Carlos Lamarca, que desertou e aderiu à luta armada ( VPR), sendo morto no sertão baiano em 1971 por tropas do Exército. A família pede confirmação da pensão para a viúva, que já foi concedida pelo STJ mas precisa do aval da comissão; pede a promoção “ post-mortem” a patente de general, o que arrepia os militares; e anistia para a esposa e os filhos, na condição de exilados durante o regime. Mais de 30 mil já foram julgados e outros 30 mil estão na fila. A comissão vai duplicar suas sessões para zerar os pedidos até 2010.


De sua opinião  a respeito das indenizações a subversivo-terroristas, vote na enquete  no site: www.averdadesufocada.com 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar