O desertor a que se refere o anúncio ao lado é Carlos Lamarca, estudante e militar medíocre, traidor da Pátria, do Exército, de seus companheiros de farda, ladrão de armas e munição, assaltante de bancos, assassino e terrorista. O Tenente Mendes foi assassinado por ele, a coronhadas, quando se entregou como refém para salvar seus soldados feridos em uma emboscada.

Lamarca é o “herói” que a Comissão de Anistia acaba de promover a coronel, proporcionando a sua viúva os vencimentos de general de brigada.

Ao verdadeiro herói, tenente Alberto Mendes Júnior, rendo a minha homenagem. Aos seus familiares, a minha solidariedade e minha revolta. 

Cícero Novo Fornari
Coronel do Exército, com muita honra.
Publicado no Correio Braziliense de 20/06/2007, caderno "CIDADES", página 24

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar