Dilma, ao lado de Sérgio Cabral e Eduardo Paes,
  participou do lançamento do novo centro de operações
          Foto: Roberto Stuckert Filho/PR/Divulgação
Dilma: Rio está 'um passo à frente no Brasil' em prever chuva
Gabriel Macieira - Direto do Rio de Janeiro - 27/o1/2011
Portal Terra
Na apresentação do novo Centro de Operações Rio, que monitora a capital 24 horas por dia, a presidente Dilma Rousseff se mostrou impressionada com a tecnologia. "Vocês estão um passo à frente no Brasil em questão de informações e em questão urbana", afirmou. Ela chegou por volta das 16h20 desta quinta-feira ao local, junto do prefeito Eduardo Paes e do governador Sérgio Cabral.
.
O centro é responsável pela operação do dia-a-dia da cidade, como no monitoramento de possíveis desastres que podem levar regiões a situações de emergênciaA apresentação de Paes durou cerca de 20 minutos. Segundo ele, a partir de agora será possível prever catástrofes naturais, como chuvas fortes, com 48 horas de antecedência, em vez das quatro ou seis horas que o sistema vigente permitia. O novo projeto analisa a situação não apenas da capital, mas também da região serrana do Estado.
Dilma afirmou ainda que "esse é o modelo de gestão que revoluciona a forma de ser prefeitura". "Todos nós que viemos aqui hoje vimos o futuro", disse.
Chuvas na região serrana
As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra. As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região.
Adicionar comentário